Campo Grande/MS, Sábado, 30 de Maio de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Cultura e Entretenimento
Terça-Feira, 18 de Fevereiro de 2020, 10h:13
Tamanho do texto A - A+

Ciclo de Cinema Brasileiro Contemporâneo acontece no MIS

Evento acontece nesta quarta-feira às 19 horas

Elaine Silva
Capital News

 

Divulgação (Imagem do Filme)

Branco sai, preto fica

Branco sai, preto fica

Ciclo de Cinema Brasileiro Contemporâneo começa nesta quarta-feira (19), às 19 horas, no auditório do Museu da Imagem e do Som (MIS-MS). O Ciclo se inicia com a exibição do filme “Branco sai, preto fica”, com direção de Adirley Queirós. Evento é realizado em parceria com o Curso de Audiovisual da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), o Ciclo terá uma exibição mensal, durante o primeiro semestre de 2020. A curadoria é dos professores Júlio Carlos Bezerra e Vitor Zan.

 

O filme cria suas imagens e sons a partir de uma história trágica: dois homens negros, moradores da maior periferia de Brasília, ficam marcados para sempre graças a uma ação criminosa de uma polícia racista e territorialista da Capital Federal. Essa polícia invade um baile black. Tiros, correria e a consumação da tragédia: um homem fica para sempre na cadeira de rodas, o outro perde a perna após um cavalo da polícia montada cair sobre ele. Mas esses homens não se sentem confortados em contar a história de maneira direta e jornalística. Eles querem fabular, querem outras possibilidades de narrar o passado, abrindo para um presente cheio de aventuras e ressignificações, propondo um futuro.

 

Serviço

A duração de 93 minutos e a classificação é 14 anos. A exibição acontece na quarta-feira (19), às 19 horas, com entrada franca. O MIS fica no Memorial da Cultura e da Cidadania, na avenida Fernando Corrêa da Costa, 559 Centro, no terceiro andar. Telefone: (67) 3316-9178.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix