Campo Grande/MS, Sábado, 24 de Agosto de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Economia
Segunda-Feira, 03 de Junho de 2019, 10h:54
Tamanho do texto A - A+

Contas de energia terão bandeira verde em junho

Consumidor não vai pagar taxa adicional este mês

Paula Navarro
Capital News

Divulgação/Aneel

bandeiratarifária

Sem adicional para os consumidores

Junho será de bandeira verde nas contas de energia elétrica, em todo país. A decisão foi da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), responsável pelo sistema de bandeiras tarifárias. Embora o mês de maio tenha sido de bandeira amarela, correspondendo ao acréscimo de R$ 1,00 a cada 100 KWh (quilowatts-hora) consumidos, em junho não haverá necessidade do curso adicional.

 

A Aneel justificou que, “embora junho seja um mês típico da estação seca nas primeiras bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN), a previsão hidrológica para o mês superou as expectativas, indicando tendência de vazões acima da média histórica para o período”. Isto quer dizer que haverá condições favoráveis (custo baixo) de geração de energia. 

 

Ainda conforme a Agência, esse cenário favorável reduziu o preço da energia para o seu patamar mínimo, o que diminuiu os cursos relacionados ao risco hidrológico e à geração de energia de fontes termelétricas. Os dois fatores responsáveis por determinar a cor da bandeira que será acionada em cada mês.

 

Sistema de Bandeiras Tarifárias

 

Criado pela Aneel, o sistema sinaliza o custo real da energia gerada, possibilitando aos consumidores o bom uso da energia elétrica. As bandeiras indicam se haverá ou não acréscimo no valor da energia repassada ao consumidor final, em função das condições da geração de eletricidade. São três cores e quatro modalidades, entenda:

 

Bandeira verde: condições favoráveis de geração de energia; não sofre nenhum acréscimo.

Bandeira amarela: condições de geração menos favoráveis; a cada 100 KWh consumidos, é acrescentada taxa de R$ 1,50.

Bandeira vermelha - Patamar 1: condições mais custosas de geração; a cada 100 KWh consumidos, é acrescentada taxa de R$ 4,00.

Bandeira vermelha - Patamar 2: condições ainda mais custosas de geração; a cada 100 KWh consumidos, é acrescentada taxa de R$ 6,00.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix