Campo Grande/MS, Domingo, 17 de Novembro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Esporte
Segunda-Feira, 26 de Agosto de 2019, 11h:32
Tamanho do texto A - A+

Campo Grande têm potencial para receber esportes radicais

Cidade Morena recebeu a largada do Rally dos Sertões

Elaine Silva
Capital News

Denilson Secreta/PMCG

Campo Grande têm potencial para receber esportes radicais

Largada do Rally aconteceu no último domingo (25)

“Planejamento, estratégia e sobretudo organização. A partir do momento que ano passado fomos à Goiânia e vimos a movimentação, tive a certeza de que levaria o evento para nossa cidade. Foi um embate de meses para mostrar a organização do Rally a beleza de Campo Grande e certeza do sucesso de um evento desta natureza”, destacou o Prefeito Marquinhos Trad, durante a prova do Super Prime, do Rally dos Sertões.

Nelson Corales/ Foto Cedida

Campo Grande têm potencial para receber esportes radicais

Evento aconteceu na Praça do Papa


A Cidade Morena, segundo o Prefeito tem potencial para receber grandes eventos se consolidando para receber os principais circuitos de automobilismo do país. Para receber o Rally dos Sertões, o maior das Américas, foi montada uma megaestrutura, ao lado da Praça do Papa. Pela primeira vez em 27 anos, Campo Grande recebeu a largada deste evento com apoio da Prefeitura Municipal de Campo Grande.

Com público estimado em 20 mil pessoas nos quatro dias do evento, a população da Capital vibrou de emoção a cada nova tomada das provas do Super Prime, assim como com as apresentações do show Freestyle na noite de ontem (24). Na categoria dos carros, o piloto Guilherme Spinelli levou primeiro lugar, na categoria motos foi a vez de Gregório Caselani ficar na frente, e na categoria dos UTVs Cristian Domecg e João Luís Stal levaram o primeiro lugar no páreo.

Admiração por Campo Grande é sentimento partilhado com os pilotos que estavam desde quinta-feira (22), segundo a assessoria, acampados na Vila Sertões, na Esplanada Ferroviária, assim como a equipe técnica e organizador do Rally dos Sertões.

Joaquim Monteiro, CEO do Rally, disse que mesmo na correria deu tempo de experimentar e conhecer as belezas regionais campo-grandenses. “Eu adorei Campo Grande, passei parte dos meus dias na feira Central, então eu comi as comidas locais, experimentei o sobá, tomei tereré e me senti muito bem-vindo aqui nessa cidade. Os taxistas são muito educados, os hotéis nos receberam muito bem e os restaurantes estavam lotados, foi muito bom”, disse ele.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix