Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 23 de Setembro de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Esporte
Domingo, 02 de Agosto de 2020, 17h:25
Tamanho do texto A - A+

Campo-grandense marca e coloca Corinthians na decisão do Campeonato Paulista

Timão bateu Mirassol por 1 a 0 e chega a sua quarta final seguida

Rogério Vidmantas
Capital News

Agência Corinthians

Corinthians Mirassol

Ederson marca mais uma vez e comemora com Luan (7) em Itaquera

O Corinthians é finalista do Campeonato Paulista pela quarta vez seguida. Campeão nas três últimas edições, o Timão contou com a boa fase de um campo-grandense para achegar à decisão. A vitória por 1 a 0 sobre o Mirassol aconteceu com mais um gol do volante Ederson, o terceiro nos três últimos jogos decisivos do clube. O Corinthians espera o classificado de Palmeiras e Ponte Preta para saber quem enfrenta pelo título.

 

O jogo

 

Em Itaquera a partida foi amarrada no primeiro tempo, apesar da ampla vantagem corinthiana em relação à posse de bola. Mas quem assustou primeiro foi o Mirassol. Aos 13 minutos, em cobrança de falta frontal, Juninho obrigou Cássio a fazer grande defesa para evitar o gol. Aos 23, em outra cobrança semelhante, Juninho mandou a bola com perigo, mas para fora. A jogada mais perigosa do Timão foi aos 25 minutos em chegada de Carlos Augusto pela esquerda. O lateral rolou para trás e Matheus Vital pegou de primeira, acertando a trave do goleiro Kewin.

 

No segundo tempo o Mirassol voltou com duas mudanças e um time ainda mais fechado. Com mais iniciativa, o Corinthians assuntou com Luan aos sete minutos e Fágner aos nove, ambas parando em Kewin. Mas o jogo ficou de vez a favor do Timão aos 14 minutos. Em uma disputado de bola entre Juninho e Carlos Augusto, o lateral corinthiano foi mais rápido e alcançou a bola, sendo depois atingido pelo meia. Com o auxílio do VAR, o árbitro Vinícius Gonçalves Dias Araújo optou pela expulsão de Juninho.

 

Com dez jogadores, o Mirassol abdicou do ataque de vez e o Corinthians foi para o abafa. Com o adversário bem fechado, o gol da vitória saiu em um chute de longe e mais uma vez brilhou a estrela de Éderson. Aos 26 minutos, o volante recebeu de Fágner na intermediária, caminhou e arriscou o chute de longe. A bola passou por Jô e atrapalhou Kewin que foi atrasado e não conseguiu evitar o gol. Depois foi segurar a vantagem e classificação alvinegra para mais uma decisão.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix