Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 21 de Outubro de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Esporte
Domingo, 20 de Setembro de 2020, 18h:37
Tamanho do texto A - A+

Coritiba vence Vasco com gol no fim e respira no Brasileirão

Robson, cobrando pênalti, fez o gol da vitória do Coxa por 1 a 0 em casa

Rogério Vidmantas
Capital News

Twitter Oficial/Coritiba FC

Coritiba Vasco

Coritiba marcou no fim e ganhou fôlego na briga contra degola

O Coritiba-PR volta a respirar fora da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Em Curitiba, pela 11ª rodada, neste domingo (20), o Coxa recebeu o Vasco da Gama e venceu por 1 a 0, gol de Sabino cobrando pênalti quase no fim do segundo tempo.

 

Com o resultado, o Verdão chegou aos 11 pontos e deixou momentaneamente a zona de rebaixamento, chegando na 16ª posição. Já o Cruzmaltino é o quinto colocado, com 17 pontos e um jogo a menos.

 

O jogo

 

O duelo começou em ritmo lento no Couto Pereira e o primeiro tempo foi de poucas emoções. O Coxa até teve mais a bola no ataque, mas não conseguiu transformar o domínio em vantagem no placar. A melhor chance do time da casa saiu aos 14 minutos. Matheus Bueno deu passe açucarado para Robson, o atacante ficou de frente para meta, mas mandou longe do gol. Do outro lado, os cariocas também levaram perigo apenas uma vez. Na marca dos 29, sempre ele, Cano recuperou a bola perto da área e já emendou a finalização, que parou em grande defesa de Wilson.

 

O Vasco voltou melhor depois do intervalo e chegou perto de inaugurar o marcador. Em boa trama no ataque, aos 11, Bruno César cruzou rasteiro e Cano teve mais uma oportunidade de marcar, mas de novo o goleiro do Verdão evitou o gol. Na sequência, Talles Magno recebeu na entrada da área, bateu colocado e carimbou a trave. Já aos 34, Paredes recebeu dentro da área, mas chutou sem muita força e viu Wilson mais uma vez salvar o Coritiba. 

 

Foi aí que máxima do "quem não faz, leva" entrou em ação. Aos 40 minutos Robson foi derrubado dentro da área e arbitragem marcou pênalti. Com a bola na marca da cal, Fernando Miguel defendeu a cobrança de Sabino, mas se adiantou no lance. Na segunda tentativa, o próprio Robson foi para batida e não desperdiçou, decretando a vitória do Coxa por 1 a 0. 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix