Campo Grande/MS, Domingo, 20 de Setembro de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Esporte
Quinta-Feira, 05 de Dezembro de 2019, 12h:31
Tamanho do texto A - A+

CSA se junta à Avaí e Chapecoense na Série B em 2020

Última vaga na zona de rebaixamento está entre Cruzeiro e Ceará

Rogério Vidmantas
Capital News

Renato Padilha/AGIF/CBF

Chapecoense CSA

Derrota decreta queda do CSA um ano após o acesso

Três das quatro vagas na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro estão definidas. Nesta quarta-feira (4), o CSA-AL foi o rebaixado da vez ao ser derrotado pela Chapecoense-SC por 3 a 0, gols de Campanharo e dois de Arthur Gomes, na Arena Condá. A derrota decretou matematicamente a queda dos alagoanos ao seguir com 32 pontos, não alcançando mais o Ceará-CE, primeiro fora da degola com 38 pontos.

 

O Brasileirão deste ano foi cruel com os times catarinenses. Apesar da vitória, a Chapecoense já estava rebaixaba, com a penúltima posição e 31 pontos. A Chape perdeu o carimbo de clube nunca rebaixado na Série A, já que seguia na primeira divisão desde o acesso em 2013. Já o Avaí-SC, com apenas 19 pontos, foi o primeiro a retornar a Série B, mantendo a rotina de acesso e queda dos últimos anos.

 

Com a confirmação da queda do CSA, agora apenas uma vaga está aberta, no momento nas mãos do Cruzeiro, com 36 pontos. O time mineiro joga na 37ª rodada nesta quinta-feira (5), contra o Grêmio em Porto Alegre. Se vencer, passa o Ceará e vai para a última rodada fora da degola. Empate ou derrota obriga a Raposa a vencer o Palmeiras em Belo Horizonte no domingo e torcer por tropeço do Vozão contra o Botafogo, no Rio de Janeiro. 

 

Os quatro rebaixados dão lugar no Brasileirão em 2020 para clubes que sobem da Série B, já encerrada. O campeão Bragantino-SP, Sport-PE, vice, e ainda Coritiba-PR e Atlético-GO retornam à primeira divisão. 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix