Campo Grande/MS, Terça-Feira, 26 de Janeiro de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Esporte
Quarta-Feira, 02 de Dezembro de 2020, 07h:49
Tamanho do texto A - A+

Flamengo perde nos pênaltis e está fora da Libertadores

Depois do empate em 1 a 1, Racing fez 5 a 3 no desempate e avança para quartas de final

Rogério Vidmantas
Capital News

Twitter Oficial/CR Flamengo

Flamengo Racing

Bruno Henrique teve oportunidades no primeiro e segundo tempos, mas não passou por Arias

O título da Copa Libertadores vai mudar de mãos. Atual campeão, o Flamengo caiu nas oitavas de final aos perder nos pênaltis para o Racing-ARG nesta terça-feira (1) no Rio de Janeiro. No tempo normal, os times repetiram o placar de 1 a 1 da partida de ida, com Sigali abrindo o placar para os argentinos, já no segundo tempo, e Willian Arão igualando nos acréscimos. No desempate, Arão acabou parando nas mãos do goleiro Arias e o Racing venceu por 5 a 3.

 

Nas quartas de final, o Racing do técnico Sebástian Beccacece, enfrenta o classificado entre Internacional e Boca Juniors, que começam a disputa nesta quarta (2), no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.

 

O Jogo

 

O Flamengo começou a partida com a classificação na mão, já que o 0 a 0 o beneficiava graças ao saldo qualificado e foi melhor que o Racing. O goleiro Diego Alves, por exemplo, foi acionado uma única vez num chute de Fértoli. A volta de Rodrigo Caio parecia dar solidez ao sistema defensivo, enquanto o ofensivo funcionava com as escapadas de Bruno Henrique e a boa atuação de Vitinho. O camisa 11 só ficou devendo nas finalizações. Teve duas ótimas chances no jogo, mas na primeira finalizou rasteiro rente à trave e na segunda parou nas mãos de Arias.

 

No segundo tempo, a classificação começou a mudar de cores aos 17 minutos, quando Rodrigo Caio, que já tinha cartão amarelo, fez falta dura na intermediária e foi expulso. Para piorar, na cobrança, a bola foi para a área, Gustavo Henrique cortou mal e a bola sobrou para Sigali abrir o placar. Mesmo com 10 jogadores, o Mengo foi ao ataque e quase empatou aos 35 com Bruno Henrique e 37 com Willian Arão, mas pararam em boas defesas de Arias. De tanto insistir, o empate veio quando a derrota parecia certa. Aos 47 minutos, Diego cobrou escanteio e, de cabeça, Willian Arão desviou, desta vez sem chances para o goleiro, fechando o jogo em 1 a 1.

 

Com a igualdade a disputa pela vaga nas quartas de final foi para os pênaltis. Depois de sequência perfeita em cobranças de Lisandro López, Filipe Luís, Rojas, Gerson, Sigali, Pedro e Alcaraz, a disputa estava em 4 a 3 para o Racing quando Willian Arão foi para cobrança e parou em defesa de Arias. Fabrício Domínguez foi para a última cobrança dos argentinos, fez 5 a 3 e sacramentou a queda do Flamengo.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix