Campo Grande/MS, Terça-Feira, 20 de Abril de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Esporte
Quinta-Feira, 08 de Abril de 2021, 10h:16
Tamanho do texto A - A+

Na pressão, Operário enfrenta líder Dourados no Morenão

Só vitória mantém Galo na disputa direta pela classificação no Grupo A

Rogério Vidmantas
Capital News

Franz Mendes

Operário

Glauber Caldas reconhece equilíbrio da chave e acredita na classificação

Hora da verdade para o Operário FC no Campeonato Sul-Mato-Grossense. Pressionado pelos últimos resultados, próprios e dos adversários, o Galo recebe o Dourados AC nesta quinta-feira, 15h, no Estádio do Morenão com a obrigação de vencer para seguir próximo à zona de classificação do Grupo A. A partida terá arbitragem de Augusto Domingos Borges Ortega, auxiliado por Eduardo Gonçalves da Cruz e Leandro dos Santos Ruberdo.

 

A derrota na última rodada para o EC Águia Negra deixou o Operário fora do G3 da chave. Uma vaga no hexagonal final já é do líder DAC, então as duas que restam estão na disputa entre o time de Rio Brilhante, com 11 pontos, Aquidauanense FC com dez, ambos com seis jogos, e o time alvinegro, que tem seis pontos, mas que jogou cinco vezes – duas vitórias e três derrotas. Vencer seu jogo nesta quinta, portanto, não coloca o Galo na zona de classificação, mas o mantém na briga direta, já que na nona rodada enfrenta o Azulão em Aquidauana. Além disso, na rodada final, joga contra o já rebaixado Novo FC enquanto os rivais diretos se enfrentam.

 

O técnico Glauber Caldas reconhece a necessidade do resultado, mas entende a pressão como natural. “Operário é cobrança sempre. Quem está no clube precisa entender e digerir isso. Temos condição de seguir brigando pela classificação e isso passa por fazer o resultado contra o líder do grupo.  Essa situação é resultado de um grupo extremamente equilibrado, equilíbrio esse que nos dá perspectiva de seguir na luta pela classificação”, explica.

 

Do lado do Dourados o ar está bem mais leve. Com cinco vitórias em seis jogos, soma 15 pontos e a vaga no hexagonal é certo. No último domingo venceu o Novo por 6 a 0 e o técnico Robson Mattos aproveitou a fragilidade do adversário para poupar o lateral Léo Júnior, o volante Liniker e o meia Sena que atuaram em todos os jogos até então. Os três estão à disposição para o jogo. 

 

 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix