Campo Grande/MS, Terça-Feira, 17 de Setembro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Esporte
Sábado, 08 de Junho de 2019, 11h:11
Tamanho do texto A - A+

Operário enfrenta Patrocinense com chance de classificação na Série D

Jogo decisivo acontece em Rio Brilhante, já que Jacques da Luz não tem iluminação artificial satisfatória

Rogério Vidmantas
Capital News

Divulgação/Operário FC

Operário

Galo não terá artilheiro no jogo que vale classificação na Série D

A primeira fase da Série D do Campeonato Brasileiro termina neste domingo e o Operário FC, apesar da campanha irregular nos cinco jogos que disputou, chega na última rodada com chances de classificação. O Galo enfrenta o Patrocinense-MG neste domingo, 17h, no Estádio Ninho da Águia. A partida acontece em Rio Brilhante porque o Estádio Jacques da Luz, único em Campo Grande liberado, não tem condições de receber jogos com iluminação artificial. O jogo terá arbitragem de Vinicius Gomes do Amaral, auxiliado por Luiza Naujorks Reis e Gustavo Marin Scheir, todos do Rio Grande do Sul.

 

Apesar da chance de classificação do Operário, a possibilidade é remota. Além de vencer, torce por outros resultados para estar entre os 32 times que disputam a segunda fase. O empate em Rondonópolis no sábado passado, com gol no último lance manteve o time vivo e confiante por classificação.

 

A situação é justificada pelos pontos perdidos em casa para União-MT e Anapolina-GO. Desses seis pontos, conquistou apenas um, o que manteve os adversários à sua frente. No Grupo A11, a Anapolina lidera com oito pontos, Patrocinense e União estão juntos com sete e o time campo-grandense soma cinco pontos.

 

Contas por vaga

 

Nesta última rodada, além da partida em Rio Brilhante, Anapolina recebe o União no Estádio Jonas Duarte. Independentemente do resultado deste jogo, a primeira posição da chave para o Operário, que garante classificação sem depender dos outros grupos, está descartada. Para ficar em segundo, o Galo faz contas que só servem se vencer o seu jogo. Fazendo isso e a Anapolina batendo o União, chega aos oito pontos sozinho. Em caso de empate ou vitória do União, a vice-liderança seria garantida apenas com vitória por três gols de vantagem.

 

Conquistada a segunda posição, a preocupação do Operário passa a ser outros grupos. Dos 17 times que terminam em segundo, os dois com piores campanhas ficam fora da segunda fase. Em cinco rodadas, 11 deles já somam pelo menos nove pontos, marca impossível para o alvinegro. Sobram, portanto, quatro vagas abertas para serem disputadas neste domingo.

 

Artilheiro fora

 

Para o jogo em que precisa vencer por três gols, o técnico Celso Rodrigues tem uma baixa considerável. Artilheiro do time no Brasileiro e autor do gol salvador em Rondonópolis, o atacante Regis Wenzel, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, está fora. Dill, que entrou muito bem, pode herdar a vaga. O zagueiro Bruno Centeno e o meia Cadu, que passaram a semana no Departamento Médico, são dúvidas e podem abrir lugar para Rodrigo Arroz e Kattah. Para compensar, o volante Wesley, suspenso no último jogo, fica à disposição.

 

Celso Rodrigues deve escalar o Operário com Jota no gol; Juninho Pavi, Carlão, Bruno Centeno (Rodrigo Arroz) e Allan; Daniel Lucini, Wesley, Fernandinho e Kattah; Dill e Firmino.

 

O Patrocinense, do técnico Thiago Oliveira, deve jogar com Cleysson; Lazarini (Douglas Maia), Juninho, Betão e Jhonatan Moc; Arilson, Gilson e Luiz Fernando; Jarlan, Erick Bahia e Nathan.

Divulgação / Àguia Negra

Estádio Ninho da Águia - Rio Brilhante - MS

Estádio Ninho da Águia pronto para receber o jogo entre Operário x Patrocinense

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix