Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 06 de Julho de 2022 |
27˚
(67) 3042-4141
Esporte
Quarta-Feira, 25 de Maio de 2022, 08h:09
Tamanho do texto A - A+

Palmeiras fecha primeira fase com melhor campanha da história da Libertadores

Verdão fez 4 a 1 no Deportivo Táchira e superou o Boca Juniors de 2015

Rogério Vidmantas
Capital News

Agência Palmeiras

Palmeiras Deportivo

Gustav Scarpa (centro) marcou três dos quatro gols do Verdão no Allianz Parque

O Palmeiras confirmou a classificação para as oitavas de final da Copa Libertadores fazendo história. Nesta terça-feira (24), o Verdão recebeu o Deportivo Táchira-VEM em São Paulo e fechou a primeira fase goleando por 4 a 1. A noite estava reservada para Gustavo Scarpa, que marcou um Hat-Trick, e contou com o gol de Rony para fechar o placar. Gutiérrez descontou para a equipe venezuelana.

 

Com seis vitórias nos seis jogos que disputou e 18 pontos conquistados, o Palmeiras não fez apenas a melhor campanha da fase de grupos da atual edição. A trajetória garantiu também ao Palmeiras o melhor desempenho da história da fase de grupos, superando o Boca Juniors-ARG de 2015, que também somou 18 pontos e teve saldo de 17 gols pró (19 marcados e dois sofridos), enquanto a equipe brasileira ficou com saldo de 22 gols pró (25 a 3). Os 25 gols também representam o melhor ataque desta fase na história, superando o River Plate de 2020 que marcou 21 vezes.

 

Gols

 

Classificação e primeiro lugar do Grupo A já estavam garantidos ao Palmeiras e o time começou o jogo no Allianz Parque com o compromisso de vencer para carimbar a melhor campanha da história. O caminho foi aberto aos 14 minutos com ajuda do goleiro Varela, que deixou a bola passar entre as pernas quando tentou cortar cruzamento de Gustavo Scarpa. Aos 20, Rafael Navarro foi derrubado na área e a cobrança ficou com Scarpa, fazendo 2 a 0. 

 

Aos dois minutos do segundo tempo, após cobrança de escanteio pela direita, a zaga no Palmeiras se atrapalhou na tentativa do corte e a bola sobrou para o zagueiro Gutiérrez diminuir. Aos 11 minutos, Rony invadiu a área e contou com a sorte para desviar bola rebatida pelo goleiro do Táchira e fazer 3 a 1. Depois, aos 20 minutos, Scarpa fez mais um, o terceiro dele no jogo, em pênalti sofrido por Breno Lopes, decretando o placar de 4 a 1. 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix