Campo Grande/MS, Sexta-Feira, 13 de Dezembro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Esporte
Terça-Feira, 12 de Novembro de 2019, 09h:38
Tamanho do texto A - A+

Projeto da CBF de desenvolvimento da base deve ser implantado no MS

Fundesporte e Federação serão parceiras da entidade nacional em diversos polos pelo Estado

Rogério Vidmantas
Capital News

Edemir Rodrigues/Subcom Governo MS

Dirigentes Fundesporte

Marcelo Miranda ao lado de Francisco Cezário (amarelo), presidente da FFMS em reunião com dirigentes e Governo

O programa Gol do Brasil Legado, de valorização do futebol de base, deve ser implantado no Mato Grosso do Sul nos próximos meses. O projeto da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) busca valorizar o futebol de base e terá parceria do Governo do Estado, através da Fundesporte, e da Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS). Os pólos serão instalados não apenas em Campo Grande, mas também nas principais cidades do interior.

 

Na última semana, o diretor-presidente da Fundesporte, Marcelo Miranda, se reuniu com o coordenador do programa CBF Social para discutir a implantação do programa por meio da qualificação de profissionais dos clubes. “Conversamos sobre a necessidade de formar uma comissão estadual para o desenvolvimento do futebol de base no Estado, já que praticamente nenhum clube profissional tem um trabalho forte na formação de atletas”, explica.

 

O projeto socioeducacional prevê a implantação das chamadas Unidades de Aplicação da Metodologia (UAM), que seguem o padrão de excelência da CBF na qualidade dos serviços prestados. “A CBF nos apresentou um programa de legado, desenvolvido especialmente para estas regiões e estamos tentando incorporar no Governo do Estado. A CBF custeará todo o material esportivo e de divulgação. Já o Governo do Estado entra com o espaço e o pagamento do professor. A qualificação profissional, dentro de uma metodologia muito interessante que eles desenvolvem, fica sob responsabilidade da CBF”, ressalta Miranda.

 

Miranda aproveitou o encontro para apresentar ao coordenador do programa CBF Social, Diogo Netto, o trabalho desempenhado pelo Programa Escolar de Formação e Desenvolvimento Esportivo de Mato Grosso do Sul, da Fundesporte. A ideia é alinhar a metodologia da CBF ao projeto dentro das escolas. “Já que o programa em Mato Grosso do Sul já está instalado e temos toda a sistemática de contratação de professores e instalação dos polos, fica muito fácil só aplicar o ‘know-how’ que a CBF tem, com seus profissionais e principalmente no fornecimento do material esportivo”, finaliza Miranda.

 

Detalhes

 

O programa prevê a implantação de um sistema que permita aos profissionais envolvidos acompanharem o desempenho dos alunos do Gol do Brasil. Por meio de plataforma digital própria da CBF, serão cadastrados alunos e professores para o monitoramento dos indicadores escolares das crianças - registro de aulas e presença, por exemplo, bem como características de suas vidas em comunidade e família.

 

Além disso, ocorrerão as avaliações periódicas de desempenho técnico, médico e relacionadas às habilidades de vida. A CBF disponibilizará, ainda, cursos de aperfeiçoamento aos professores e acompanhamento das aulas, quer seja presencialmente ou por meio de câmeras instaladas no campo.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix