CapitalNews

Terça-Feira, 14 de Janeiro de 2020, 07h:29

Aliança supera meta de assinaturas em MS e quer lançar Coronel David para prefeito

Por Marco Eusébio

Da coluna Entrelinhas da Notícia
Artigo de responsabilidade do autor

Divulgação

ColunaMarcoEusébio

Rodolfo Nogueira, Bolsonaro, Coronel David e Ovando durante encontro com o presidente em novembro

Apoiadores de Jair Bolsonaro em Mato Grosso do Sul contabilizaram na última quarta-feira cerca de 3.200 assinaturas de apoio ao Aliança pelo Brasil, partido lançado pelo presidente, superando em 150% a meta de 1.240 (0,1%) dos votos válidos no estado. "Com a série de eventos no início de fevereiro, vamos chegar aos 50 mil" disse integrante do grupo, ao adiantar para o Blog os dados ainda não divulgados. A meta meta nacional é atingir 492 mil assinaturas até março para pedir registro no TSE para que o partido possa participar das eleições deste ano. Caso isso aconteça, o principal cotado para disputar a Prefeitura de Campo Grande é o Coronel David que, embora focado no mandato de deputado estadual, não vai conseguir frear a pressão de Brasília para ser candidato. David, inclusive, já ingressou na Justiça Eleitoral com ação de desfiliação do PSL alegando "perseguição pessoal". A agenda de eventos pela criação do Aliança começa no próximo fim de semana em Brasília e João Pessoa e vai atingir 21 capitais. Em Campo Grande, Curitiba e Recife eventos são previstos para 1º de fevereiro conforme O Globo. Em dezembro, quando David esteve em Brasília – leia aqui – e entregou a Bolsonaro o título de Cidadão de MS concedido pela Assembleia, acompanhado do deputado federal Luiz Ovando e do ex-presidente do PSL em MS Rodolfo Nogueira, o presidente pediu apoio a eles para criação da sigla no estado.

 

 

   Leia a coluna de hoje clicando aqui em Marco Eusébio in Blog

 

 



 


 


Fonte: CapitalNews

Visite o website: wwww.capitalnews.com.br