CapitalNews

Sexta-Feira, 27 de Maio de 2022, 18h:33

Réu é condenado a quase 23 anos de prisão após tentar matar ex-companheira

Ele tinha 4 filhos com a vítima

Iury de Oliveira
Capital News

Divulgação/MPMS

Réu é condenado a quase 23 anos de prisão após tentar matar ex-companheira

Vista aerea de Três Lagoas

Réu é condenado a 22 anos, 3 meses e 9 dias de reclusão, em regime inicial fechado, pela prática de tentativa de feminicídio, lesão corporal gravíssima e ameaça contra sua ex-companheira. Condenação foi nesta quarta-feira (25/5) pelo Tribunal do Júri da comarca de Três Lagoas.

 

No julgamento, o Conselho de Sentença acolheu por maioria dos votos a denúncia apresentada pelo Promotor e reconheceu que o réu tentou matar sua ex-companheira por motivo torpe, mediante recurso que dificultou a defesa da vítima.

 

Entenda o caso

 

A vítima manteve um relacionamento de 14 anos com o acusado e juntos tiveram quatro filhos. Após sete meses do término do relacionamento ele descumpriu a  medida protetiva e foi até a casa da ex-companheira, que se recusou a abrir a porta.

 

O réu, em companhia de um amigo, arrombou a porta e entrou na residência. Ao perceber que o atual namorado da vítima também estava no local,  nervoso, passou a proferir ameaças e agredi-lo. O namorado da vítima fugiu do local e foi perseguido pelo acusado.

 

Por não conseguir encontrar o rapaz,o réu voltou à residência de sua ex-companheira portando uma faca, cortou parte do cabelo dela e passou a atacá-la com golpes na região da clavícula, no ombro esquerdo e na mão direita, além de proferir ameaças de morte. As agressões foram presenciadas pelos filhos do casal.

 


Fonte: CapitalNews

Visite o website: wwww.capitalnews.com.br