Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 13 de Agosto de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Internacional
Quarta-Feira, 11 de Março de 2020, 13h:04
Tamanho do texto A - A+

OMS declara pandemia de coronavírus

Casos, mortes e números de países atingidos devem aumentar, diz o Órgão

Flávio Veras
Capital News

Agência Brasil

OMS declara pandemia de coronavírus

 

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou que já existe uma pandemia do coronavírus (Covid-19) nesta quarta (11). Casos, mortes e números de países atingidos devem aumentar, diz OMS sobre o Covid-19.

 

    "A descrição da situação como uma pandemia não altera a avaliação da OMS da ameaça representada por esse vírus. Isso não muda o que a OMS está fazendo nem o que os países devem fazer ", informou Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS.

 

Também o diretor-executivo do programa de emergências da OMS, Michael Ryan, ressaltou que a declaração não significa que a OMS vá adotar novas recomendações no combate ao vírus.

 

    "A declaração de uma pandemia não é como a de uma emergência internacional - é uma caracterização ou descrição de uma situação, não é uma mudança na situação. (...) "Não é hora para os países seguirem apenas para a mitigação", declarou. 

 

Mitigação é a estratégia de saúde pública que busca sobretudo cuidar dos doentes e públicos prioritários. Como afirmaram os diretores, a OMS ainda acredita que a contenção da circulação do vírus precisa ser buscada por todos os países.

 

Ryan também destacou que a OMS reconhece que há um risco a ser evitado com o uso da palavra: as pessoas não devem usar a declaração de pandemia como desculpas para desistir do combate e tentativas de conter a circulação do vírus.

 

Nesta tarde, ao chegar ao Congresso, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse que a declaração de pandemia já era esperada e que ela não muda nada na prática. Ele retomou uma crítica que já tinha feito antes à OMS, afirmando que o órgão demorou para usar essa definição. 

 

Diretor-geral da OMS disse que declaração não muda o que a Organização e os países estão fazendo para "detectar, proteger, tratar e reduzir a transmissão" do novo coronavírus (Sars-Cov-2), causador da doença Covid-19.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix