Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 16 de Setembro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Nacional
Terça-Feira, 10 de Setembro de 2019, 13h:08
Tamanho do texto A - A+

Reforma da Previdência dá primeiros passos

No Plenário do Senado acontece a sessão temática da (PEC) 6/2019

Adriana Ximenes
Capital News

 

Agência Senado

Reforma da Previdência dá primeiros passos

Plenário do Senado vai  iniciar a votação da Reforma da Previdência

A semana começa com uma sessão temática, no Plenário do Senado, com a Reforma da Previdencia, que será nesta terça-feira (10) às 14h00. Participaram  especialistas favoráveis e contrários à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 6/2019, que muda as regras para a aposentadoria. O debate terá caráter interativo, o que permite a participação popular na formulação de questões.

 

Em seguida, os senadores e líderes poderão em uma sessão deliberativa, dar início à tramitação da matéria, com a primeira sessão de discussão das cinco necessárias para aprovação de uma PEC em primeiro turno. No segundo turno, são três as sessões de discussão, conforme o rito estabelecido pela Constituição.

 

O secretário de Trabalho e Previdência, Rogério Marinho,  debateram o tema, já o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, terá uma reunião com as lideranças partidárias para tratar da reforma.  Na ocasião ele afirmou que nesta segunda-feira o cronograma da reforma está mantido, com a primeira votação na próxima semana. A previsão é de que a tramitação seja concluída pelo Senado no dia 10 de outubro.

 

Aprovada na semana passada pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), a proposta defendida pelo governo passou a ser acompanhada por uma PEC paralela, que reúne as emendas acolhidas pelo relator, senador Tasso Jereissati (PSDB-CE). O texto, transformado na PEC 133/2019, teve aprovação unânime na CCJ, num amplo acordo de líderes, costurado também com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, que se comprometeu a dar prosseguimento à PEC.

 

No Senado, a PEC pararela caminhará com o texto principal, já aprovado pela Câmara, até a votação de primeiro turno. Depois, retornará à CCJ para receber emendas.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix