Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 09 de Julho de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Quarta-Feira, 22 de Abril de 2020, 14h:47
Tamanho do texto A - A+

Acusado de matar professor se entrega

Autor estava escondido na Bolívia e foi preso na terça

Elaine Silva
Capital News

Divulgação

Com corte no pescoço e mãos amarradas, professor é encontrado morto

Professor Márcio Luiz Ferreira dos Santos

Acusado de matar  o professor Márcio Luiz Ferreira dos Santos, 27 anos, se entregou a polícia, na última terça-feira (21). Luiz Carlos Urquidi, de 20 anos, estava escondido na Bolívia e se entregou a Polícia Civil de Corumbá. Ele foi apontado como autor pelo próprio irmão, a quem confessou o crime. 

  

O crime aconteceu no dia 20 de fevereiro, Márcio foi oi encontrado morto dentro de uma casa, localizada na região do Guanã, parte alta de Corumbá. O irmão do suspeito de cometer o crime, foi quem acionou a Polícia Militar, após sua mãe ligar e informar que o filho havia matado um homem. Ele ainda relatou que após saber do fato, falou com o irmão, que confessou ter matado Márcio.

 

O corpo de Márcio estava em uma casa alugada por uma tia do suspeito, que estava com as chaves do imóvel esperando pela ligação de energia elétrica na residência. Conforme o site Diário Corumbaense.  O professor estava com as mãos amarradas para trás e apresentava um corte no pescoço. Luiz Urquidi  teria revelado à mãe e ao irmão que matou o professor porque vinha sendo ameaçado de morte por ele. Depois, ele pegou uma mochila e foi embora de casa. 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix