Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 14 de Novembro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019, 17h:36
Tamanho do texto A - A+

Adolescente é suspeito de abusar de criança de 6 anos

Crime teria acontecido dentro de uma instituição de apoio para crianças com câncer

Elaine Silva
Capital News

Adolescente de 13 anos é suspeito de abusar de uma criança de seis anos, dentro de uma casa de apoio para pessoas com câncer, em Campo Grande. A mãe da vítima descobriu após ver mensagens de ameaça em um jogo online. O caso foi registrado nesta segunda-feira (19) na Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca).

A mãe relatou na delegacia que no dia 2 de agosto, estava ajudando a preparar o jantar na instituição quando deu por falta da vítima. Ao procurá-lo, viu o momento em que o adolescente sai de uma casa de boneca arrumando o shorts, e a criança saiu com a camiseta erguida e com um comportamento agressivo.

O possível abuso foi descoberto, quando a mãe flagrou mensagens do suspeito para a vítima em um jogo online, onde questionava se havia contado para alguém. O adolescente também ameaçou a criança dizendo que caso falasse alguma coisa, ela iria apanhar como o personagem do jogo. O caso segue sob investigação.

Confira a nota da instituição:

"A AACC/MS (Associação dos Amigos das Crianças com Câncer) esclarece que tomou as providências devidas no caso,  prestando atendimento multidisciplinar ao assistido e sua acompanhante envolvidos e a funcionária responsável pelo menor acusado foi afastada por tempo indeterminado, uma vez que a mesma descumpriu normas internas.

Além disso, gostaríamos de esclarecer que a AACC/MS é uma Casa de Apoio, sendo assim, oferece toda a hospedagem ao assistido e a um acompanhante da família, sempre do sexo feminino, podendo ser mãe, tia, avó ou irmã, dessa maneira, é desta acompanhante a responsabilidade pela vigilância do assistido. Essa norma está disposta em nosso Estatuto e é de conhecimento destas responsáveis a partir da entrada na casa.

O assistido e sua responsável estão sendo amparados pela instituição, como foram desde sempre, uma vez que o bem-estar destes assistidos é prioridade do nosso trabalho. Inclusive, foi oferecido acompanhamento psicológico com um profissional especializado fora da equipe AACC/MS.

Quanto ao caso, é do Conselho Tutelar a condução do mesmo, que tomou ciência a partir da denúncia feita pela AACC/MS.

A AACC/MS orgulha-se em ser uma instituição de conduta irreparável, com um trabalho de 21 anos no estado. Apenas em 2018, mais de 500 crianças foram assistidas, com mais de 5 mil hospedagens, 26.820 refeições oferecidas e mais de 24 mil atendimentos multiprofissionais realizados. Nossa equipe passa por constantes treinamentos para que nossa missão, que é cuidar da criança e do adolescente com câncer em Mato Grosso do Sul, seja realizada com maestria".
 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix