Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 01 de Outubro de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Sexta-Feira, 03 de Novembro de 2017, 10h:49
Tamanho do texto A - A+

Advogada morta em acidente é enterrada na Capital

Carro de Carolina Albuquerque Machado foi atingido por caminhonete e parou a 110 metros da batida

Flávio Brito
Capital News

Cedida via WhatsApp

Advogada morta em acidente é enterrada na Capital

..

Reprodução Facebook

Corpo de jovem morta em acidente na Afonso Pena sepultado no Jardim das Palmeiras

Carolina e o filho de 3 anos estavam no Vw/Fox que foi atingido por caminhonete na avenida Afonso Pena

O sepultamento da bacharel em Direito Carolina Albuquerque Machado, 24, será realizado  nesta sexta-feira (3), às 15h30, no Cemitério Jardim das Palmeiras. O corpo está sendo velado na Capela da UCDB, que fica no campus da Universidade Católica Dom Bosco, na Avenida Tamandaré, 6000 - Jardim Seminario. Carolina morreu após ter o carro que conduzia atingido por uma caminhonete em alta velocidade, na madrugada desta quinta-feira (2), na Avenida Afonso Pena, no Bairro Chácara Cachoeira, próximo ao Shopping Campo Grande.  O motorista fugiu do local.

Conforme boletim de ocorrência, a vítima seguia em um veículo Volkswagen Fox e tinha como passageiro o filho de 3 anos, quando foi atingida por uma caminhonete Nissan Frontier, conduzida por João Pedro da Silva Miranda Jorge, 23 anos, que seguia junto com o irmão, João Victor Miranda Jorge, 21 anos. A caminhonete bateu na lateral do Fox. Um dos dois veículos furou o sinal vermelho.

“Ao tomar conhecimento [...] do trágico [...], a Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional de Mato Grosso do Sul (OAB/MS), exigirá rigorosa apuração dos fatos para que não se dê ensejo a eventual impunidade”, disse a entidade, em nota divulgada em seu site oficial.

A entidade lamenta a morte de Carolina e reitera os votos de pêsames aos familiares e amigos. “A Ordem cobrará apuração rigorosa dos fatos, principalmente devido à fuga do autor do acidente João Pedro da Silva Miranda Jorge, que não prestou socorro às vítimas. Segundo informações veiculadas pela mídia, ele estaria dirigindo em alta velocidade”, conclui.

Segundo informações do BPTran (Batalhão de Polícia Militar de Trânsito), o condutor da caminhonete trafegava ao sentido Centro em torno de 160 km/h e bateu na lateral do veículo Fox, que, segundo as primeiras informações, teria furado o sinal vermelho para entrar na Avenida Paulo Coelho Machado. O carro de passeio parou a 110 metros do ponto da colisão.

Após o acidente, João Pedro fugiu a pé. Carolina morreu no local. A criança quebrou a clavícula. João Victor, que sofreu ferimento leve, foi levado para o Prontomed da Santa Casa e liberado em seguida.

Reprodução Facebook

Corpo de jovem morta em acidente na Afonso Pena sepultado no Jardim das Palmeiras

Vw/Fox que foi atingido por caminhonete na avenida Afonso Pena e só parou a 110 metros da batida

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix