Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 10 de Maio de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Terça-Feira, 04 de Maio de 2021, 15h:18
Tamanho do texto A - A+

Artista plástica é encontrada morta em Campo Grande

Autor pulou um muro de mais de três metros; vítima foi agredida pelo bandido

Elaine Silva
Capital News

Reprodução/Redes Sociais

Filha encontra artista morta em Campo Grande

Catarina Marquesi Moreira

A artista plástica Catarina Marquesi Moreira, 72 anos, foi encontrada morta, nesta terça-feira (04) no bairro Monte Castelo, em Campo Grande. Catarina foi encontrada pelo marido de 74 anos, que é deficiente auditivo, e no momento do crime estava no andar de cima da residência e não teria ouvido ou presenciado o caso.

 

Vítima teria sido agredida, sendo encontrada pela filha amarrada e sem vida. Serviço de Atendimento Móvel (Samu) constatou o óbito. De acordo com as informações da policiai, o autor teria pulado o muro de mais de três metros, e ao entrar no local, arrombou a porta de entrada do ateliê de Catarina. A artista se deparou com o bandido e tentou fugir, mas foi encontrada, sendo amarrada nos braços e nas pernas, conforme a polícia. Segundo reposável pela investigação Reginaldo Salomão da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos (Derf), ela também foi agredida com um soco no rosto.

 

O marido da vítima que a encontrou e ligou para o genro. Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado mais a vítima morreu no local. No local há câmeras de segurança de vizinhos que pode ter flagrado a movimentação. O caso segue em investigação pela Derf. Ainda de acordo com o delegado, detalhes sobre a técnica de investigação não serão revelados. Ainsa segunodo resposável pela investigação As investigações continuam em busca do acusado.  

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix