Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 23 de Janeiro de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Sexta-Feira, 15 de Novembro de 2019, 09h:09
Tamanho do texto A - A+

Executado na Fronteira era foragido da justiça

Crime aconteceu nesta quinta-feira em bairro de Ponta Porã

Elaine Silva
Capital News

Divulgação/MS em Foco

Executado na Fronteira era foragido da justiça

Vítima pertencia a uma quadrilha que roubava veículos e comércio

Dagmar Cleidson Fêo, 26 anos, foi executado por pistoleiros, na última  quinta-feira (14). Caso acontece em frente a uma borracharia no Residencial Ponta Porã I, em Ponta Porã.

  

A vítima estava em frente ao estabelecimento, quando dois homens em um VW Gol passaram e um deles realizou diversos disparos com arma automática. Logo depois o pistoleiro desceu do carro e colocou ao lado do corpo dele um cartaz onde estava escrito em espanhol. “Venho comunicar a todos os assaltantes de moto e comércios e a todos os ladrões de caminhões, esse é o resultado”.

 

O crime é atribuído a um grupo conhecido como Justiceiros da Fronteira, segundo o site MS em Foco. Caso foi registrado e está sendo investigado pela polícia.

 

Condenação

Dagmar era fugitivo da justiça de Santa Catarina, onde foi condenado a 11 anos e 10 meses de prisão por roubo, assalto e corrupção de menores.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix