Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 05 de Agosto de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Quinta-Feira, 02 de Julho de 2020, 11h:58
Tamanho do texto A - A+

Fraude na compra de testes rápidos de Covid-19 é alvo de operação

Polícia Federal cumpre mandados em nove estados

Elaine Silva
Capital News

Divulgação/Polícia Federal

Fraude na compra de testes rápidos de Covid-19 é alvo de operação

Operação foi deflagrada nesta quinta

A Polícia Federal (PF) investiga nesta quinta-feira (02) desvio  na compra em testes de Covid-19. Santa Catarina, São Paulo, Bahia, Goiás, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Paraná, e o Distrito Federal, são os alvos da  operação. 

 

Os policiais ccumpre 81  mandados de busca e apreensão. De acordo com a Polícia Federal, são investigados os crimes de fraude em licitação, crime contra a ordem econômica e corrupção ativa e passiva. Suspeitas são de superfaturamento na compra de testes rápidos e de conluio entre empresas privadas e servidores públicos.

 

No DF, a PF cumpre 22 mandados de busca a apreensão em 3 empresas e 9 endereços residenciais e o principal alvo é a própria Secretaria de Saúde e o Lacen (Laboratório Central). Em nota, a Secretaria afirmou que testes foram aprovados e testados pela Anvisa. 

 

“A Secretaria de Saúde informa que todos os testes adquiridos, recebidos por meio de doações ou enviados pelo Ministério da Saúde, têm o certificado da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e, portanto, foram testados e aprovados pelo órgão Federal”, diz nota na íntegra. 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix