Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 13 de Julho de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Quinta-Feira, 26 de Março de 2020, 11h:59
Tamanho do texto A - A+

Furto de fios deixa Hospital São Julião sem água

Unidade utiliza 250 mil litros de água por dia

Elaine Silva
Capital News

Divulgação

Furto de fios deixa Hospital São Julião sem água

Unidade está operando na capacidade máxima de leitos

Comprometendo todas as necessidades do Hospital São Julião, ladrões furtaram os fios que comprometem o abastecimento de água. A unidade está operando com a capacidade máxima nos leitos. Crime aconteceu na noite de quarta-feira (25). 

 

A unidade utiliza diariamente 250 mil litros de água para abastecer as 68 edificações onde funcionam centro cirúrgico, terapia ocupacional, leitos, cozinha, casa de funcionários, área rural com horta e animais, entre outras necessidades. A área total é de 230 hectares, conforme a assessoria. 

 

Diretor administrativo do hospital, Amilton Fernandes Alvarenga, informou que o furto foi percebido porque o reservatório sinalizou baixa de água. Aproximadamente foram levados  250 metros de cabo unipolar de 50 mm, que ligavam a bomba de água do poço artesiano até a casa de máquinas.

 

“O hospital funciona como retaguarda do Hospital Regional, que foi definido como hospital referência no trato com coronavírus. ‘Pacientes de lá são trazidos para o São Julião na necessidade de leitos para pacientes em tratamento do coronavírus. Estamos com pouquíssimos leitos, operando na linha da lotação máxima’, diz preocupado o administrador pela problemática da falta de água que vai ocorrer até o hospital conseguir fios para restabelecer a bomba de água.”, diz a nota

 

Socorro

Logo após a descoberta do crime o vereador Eduardo Romero mediou o abastecimento com caminhão pipa da empresa Águas Guariroba e com executivo municipal. 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix