Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 10 de Maio de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Segunda-Feira, 19 de Abril de 2021, 14h:06
Tamanho do texto A - A+

Gaeco deflagra operação “Clean” em Campo Grande

Ação visa crimes de peculato, corrupção e associação criminosa

Elaine Silva
Capital News

Divulgação/MPMS

Gaeco deflagra operação “Clean” em Campo Grande

Dinheiro apreendido na operação

Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (GAECO/MPMS) e do Grupo Especial de Combate à Corrupção (GECOC), deflagrou, nesta segunda-feira (19/4), a Operação “Clean”, em cumprimento a seis mandados de busca e apreensão em Campo Grande.

A investigação é conduzida pela 30ª Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público da Capital e tem como foco a apuração da suposta prática dos crimes de fraude à licitação, peculato, corrupção e associação criminosa, no bojo do Pregão nº 145/2017, realizado no âmbito da Secretaria de Estado de Educação (SED), para a aquisição de materiais de limpeza para fornecimento à rede estadual de ensino, como o Ministério Público de Mato Grosso do Sul, representado pela 30ª Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público de Campo Grande.

Os mandados foram expedidos pelo Juízo da 3ª Vara Criminal de Campo Grande e tiveram como alvos as empresas vencedoras do pregão, seus proprietários e respectivo procurador, além de servidor público que, à época, era encarregado do termo de referência para a deflagração do procedimento licitatório. Os contratos para o fornecimento dos produtos foram assinados em 2018. Os materiais apreendidos, dentre eles, celulares, notebooks e documentos, serão analisados pela Promotoria de Justiça responsável pela investigação.

 

A reportagem entrou em contato com a SED que informou que está "averiguando no setor jurídico da SED quanto a situação, posterior estaremos posicionando".

 

(Matéria atualizada ás 15h58 para acréscimo de informação)

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix