Campo Grande/MS, Domingo, 26 de Janeiro de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Quinta-Feira, 12 de Dezembro de 2019, 18h:11
Tamanho do texto A - A+

Grupo criminoso é preso com armas, drogas e dinheiro

Operação foi dividida em três fases

Elaine Silva
Capital News

 

Divulgação/Polícia Cívil

Grupo criminoso é preso com armas, drogas e dinheiro

..

Nesta quinta-feira (12) os Policiais civis da Delegacia de Iguatemi, em parceria com delegacias de polícia de Eldorado, Mundo Novo e Tacuru, além do Setor de Investigações Gerais de Naviraí e da equipe do Canil da Polícia Federal de Guaíra, deflagraram a operação Hidra com objetivo de capturar os traficantes de drogas que atuam na região. Os policiais cumpriram nove mandados de busca e apreensão, sendo que a operação contou com a participação 28 policiais civis, além da equipe do Canil da Polícia Federal de Guaíra.

 

A ação foi executada em três fases, sendo a primeira: identificação, qualificação e confirmação de que os alvos estavam traficando; segunda: interceptação telefônica e prisões em flagrante; terceira:  buscas e apreensões, com cumprimento simultâneo dos mandados.

 

Durante a fase de interceptação telefônica, no decorrer deste ano, foram presos em flagrante, por tráfico de drogas e outros crimes, quatro pessoas. Os policiais identificaram ainda, o envolvimento de uma conhecida organização criminosa na prática dos crimes.

 

Apreensões 

Conforme a Polícia Civil durante o cumprimento do mandado de busca e apreensão na residência do alvo K.J.D., foi encontrado uma arma de fogo, calibre .38, com a numeração raspada; diversas munições de origem estrangeira; 320 gramas de maconha, pronta para venda; R$ 11.772,80 em dinheiro, que estavam escondidos em diversos pontos da casa; e um veículo VW Gol, que era utilizado para a prática do crime de tráfico de drogas.

 

Em relação ao cumprimento do mandado de busca na residência de R.A.P., que não estava no local, foi encontrado 160 gramas de Skank. Após encontrar a droga, os policiais foram até o local de trabalho do alvo, que acabara de ser resgatado por W. K. que o levou de carro até a sua casa para se esconder. A equipe foi até o local, mas o primeiro alvo conseguiu fugir fuga em meio a um matagal, motivo pelo qual W.K. foi preso pelo crime de favorecimento pessoal.

 

Na residência de R.F.S, foi encontrada a quantia de R$ 5.960,50 além de 14 aparelhos de telefone celular, cujas origens serão analisadas. Nas residências dos demais alvos foram apreendidos diversos aparelhos de telefone celular, notebooks e apontamentos em papéis para análise acerca de eventual participação nos crimes investigados.

 

Operação Hidra

A operação teve início no mês de agosto de 2018, na Delegacia de Polícia de Iguatemi, após o recebimento de uma carta anônima, enviada através do Conselho Comunitário de Segurança, indicando a existência vários traficantes de drogas atuantes neste município.

 

Nome da operação faz menção ao ser mitológico de várias cabeças que só pode aniquilado caso todas elas sejam cortadas ao mesmo tempo e cauterizadas, sob pena de multiplicação.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix