Campo Grande/MS, Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Sábado, 12 de Outubro de 2019, 09h:21
Tamanho do texto A - A+

Homem morre após iniciar fogo e ser perseguido por Guarda Municipal

Caso aconteceu após vítima ter enfrentado agentes com uma tesoura

Rogério Vidmantas
Capital News

Adilson Domingos/Lente Nervosa

Guarda Municipal Dourados

Homem foi perseguido após ter iniciado incêndio criminoso em folhas e lixo

Um homem foi morto nesta sexta-feira (11) após discussão e perseguição com Guardar Municipais de Dourados. Elcindo Alexandre Neto, 35 anos, conhecido como Maninho, se envolveu em confronto com guardas municipais após atear fogo em folhas secas na região do Parque Rego D’Água, periferia da cidade.

 

A confusão começou com a denúncia de moradores do local de fogo criminoso. Agentes da Guarda Municipal foram ao local atender o chamado onde foram informados que Maninho teria originado o incêndio.

 

Perseguido, ele teria entrado em uma residência e saído com uma tesoura, o que teria forçado os guardas a utilizarem arma de choque para tentar imobilizá-lo, o que acabou não acontecendo. Na Rua da Ponte, Maninho foi atingido pelo que os guardas afirmam ser balas de borracha, uma delas atingindo a região da barriga, originando forte sangramento. Populares, porém, alegam que os tiros teriam sido de arma de fogo.

 

Ele então foi socorrido por uma equipe do Corpo de Bombeiros e encaminhado para o Hospital da Vida, onde chegou morto. O caso foi registrado como tentativa de homicídio contra a Guarda, incêndio criminoso, resistência à prisão e violação de domicílio.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix