Campo Grande/MS, Sábado, 24 de Agosto de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Quarta-Feira, 13 de Fevereiro de 2019, 14h:34
Tamanho do texto A - A+

Mãe e filhos matam idoso a pauladas para roubar carro

A mulher era foragida da prisão e coordenou o crime para poder comprar drogas

Caroline Carvalho
Capital News

Divulgação/Bombeiros

Mãe e filhos matam idoso a pauladas para roubar carro

Local onde corpo foi enterrado pelos suspeitos

Uma mulher de 59 anos e os seus dois filhos, de 19 e 25 anos, foram presos na noite desta terça-feira (12), em Campo Grande, por terem matado um idoso a pauladas para roubar o carro dele. Segundo o registro policial, a mulher era foragida da prisão e coordenou o crime, para poder comprar drogas. 

 

Segundo o boletim de ocorrência, o latrocínio foi no último sábado, dia 8 de fevereiro. Através de denúncia anônima, investigadores do Grupo de Operações e Investigações (GOI) da Polícia Civil iniciaram as buscas e conseguiram localizar o carro da vítima com o rapaz de 25 anos. 

 

O suspeito então relatou aos policiais que foi a mãe dele que planejou o crime, e que ela tinha lhe oferecido R$ 2.500 para que matasse a vítima, um idoso de 75 anos. Ao recusar a oferta, a mesma proposta foi feita ao seu irmão mais novo, que por sua vez, a aceitou. O objetivo da mulher era conseguir dinheiro para comercializar drogas. Ela iria penhorar o veículo por R$ 7 mil, e usaria parte do dinheiro na compra de entorpecentes. 

 

A mulher teria seduzido a vítima, que a levou para sua cassa, no bairro Jardim Colúmbia, na Capital. O filho mais novo estaria escondido no local e em certo momento, teria golpeado o senhor com um pedaço de madeira até matá-lo. Ainda segundo o relato, como ambos não sabem dirigir, teriam ligado para o irmão mais velho para que ele auxiliasse na ocultação do corpo. 

 

Eles enrolaram a vítima em um cobertor e em uma cortina e a colocaram no banco traseiro do veículo. O corpo foi enterrado em uma mata, numa estrada vicinal, há 37 km da área urbana, entre Campo Grande e Rochedinho. 

 

Após o depoimento, equipes da perícia criminal, da Polícia Civil e do Corpo de Bombeiros estiveram no local para retirada do corpo e prosseguimento das investigações. Os autores foram levados à Delegacia de Polícia, e responderão por associação criminosa, latrocínio e ocultação de cadáver.  

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix