Campo Grande/MS, Domingo, 09 de Agosto de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Quinta-Feira, 05 de Dezembro de 2019, 15h:09
Tamanho do texto A - A+

Ônibus escolares são apreendidos em Bandeirantes

Polícia Civil, MPMS e Detran realizaram a vistoria dos veículos

Elaine Silva
Capital News

Foto cedida

Ônibus escolares são apreendidos em Bandeirantes

Inquérito foi aberto na semana passada

'Caindo aos pedaços’, essa é a situação do transporte escolar no município de Bandeirantes que levou a todos os coletivos da frota serem interditados pelo Departamento de Trânsito de Mato Grosso do Sul (Detran/MS), Polícia Civil e Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul (MPMS) , nesta quinta-feira (5). O inquérito foi instaurado na última quinta-feira (28), após denúncias que levaram a interdição de dois veículos.

Foto cedida

Ônibus escolares são apreendidos em Bandeirantes

..

 

O MPMS já havia recomendado a contratação imediata e emergencial de 2 profissionais especializados em mecânica de veículos para a realização da manutenção contínua e permanente da frota pública, até que haja a aprovação do plano de cargos e salários pela Câmara Municipal de Bandeirantes, cujo projeto de lei será encaminhado nos próximos dias pelo Chefe do Poder Executivo para aprovação, e que contempla a criação de cargos de mecânico com salário compatível com o nível de especialização e valor de mercado, sem prejuízo da adoção de outras providências administrativas necessárias à manutenção e conservação dos veículos de transporte escolar (compra de peças e outros serviços), segundo apurado pela equipe de reportagem do Capital News. 

 

Na recomendação, o Ministério Público pediu ainda que a Prefeitura realize estudo técnico financeiro-contábil de viabilidade de terceirização completa do transporte público escolar, tendo em vista os entraves burocráticos e a complexidade de manutenção da frota pública mediante contratações públicas de peças e de serviços, ou, ainda, a adequação das contratações desses serviços e produtos para outra forma que melhor atenda o interesse público.

Foto cedida

Ônibus escolares são apreendidos em Bandeirantes

..

Os donos da empresa Miracar, terceirizada pela Prefeitura para o transporte dos estudantes, receberiam cerca de R$ 2 milhões, porém, o repasse foi  proibido pelo MPMS. O prefeito da cidade assim como a secretária de segurança não se manifestaram até o fechamento da matéria.

 

Responsabilidade 

A apreensão de quatro ônibus utilizados no transporte de estudantes que moram na zona rural no município de Bandeirantes pode custar o mandato do prefeito Álvaro Urt. Além do prefeito, que pode responder por crime de responsabilidade, haja vista não ter se atentado para o risco que corriam as crianças transportadas nos veículos apreendidos, técnicos credenciados pelo Detran-MS que liberaram os ônibus escolares podem ser responsabilizados criminalmente.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix