Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 10 de Maio de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Terça-Feira, 13 de Abril de 2021, 17h:04
Tamanho do texto A - A+

Pai e filho são presos ao negociar droga em churrascaria

Outras duas pessoas foram detidas na ação; policiais interceptaram 230 quilos do entorpecente

Elaine Silva
Capital News

Divulgação/PCMS

Pai e filho são presos ao negociar droga em churrascaria

Polícia busca pelo comprador da droga

 

Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira (Defron), em monitoramento a um veículo com placas paraguaias estacionado no pátio de uma churrascaria localizada nas proximidades do trevo que dá acesso à rodovia que interliga Dourados a Caarapó conseguiram realizar a prisão de quatro indivíduos (entre eles pai e filho) e apreensão de 230 quilos de maconha.

Caso aconteceu nesta segunda-feira (12), quando os policiais identificaram que o veículo possuía duas pessoas em seu interior. Logo em seguida, os agentes identificaram um segundo veículo que estacionou ao seu lado, também com dois ocupantes, e placas de Mundo Novo. Diante dos indícios de estar ocorrendo uma negociação relativa ao tráfico de drogas, os policiais realizaram a abordagem e identificaram que o automóvel com placas de Mundo Novo, um VW Space Fox, ocupado pelo pai e filho, transportava vários fardos de maconha.

Já no carro com placas paraguaias, estavam dois indivíduos, um residente em Mundo Novo e o outro em Salto Del Guairá-PY. Eles relataram que haviam saído da cidade brasileira para entregar a droga para um comprador residente em Dourados, que os encontraria no pátio da churrascaria.

Divulgação/PCMS

Pai e filho são presos ao negociar droga em churrascaria

Veículos e entorpecente foram apreendidos


Os quatro indivíduos estavam atuando no tráfico de drogas, sendo que os ocupantes do carro de placas paraguaias seriam batedores da carga. De acordo com a Polícia Civil, apesar de os automóveis estarem registrados em nome de dois deles, os criminosos alegaram que a maconha não os pertencia, e que apenas foram contratados para transportar a droga, sendo que pela empreitada receberiam R$ 1.000, cada um.

A Polícia Civil agora procura o homem que seria o comprador das drogas, residente em Dourados. Os quatro indivíduos, que não possuem antecedentes criminais, foram autuados por tráfico e associação para o tráfico de drogas.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix