Campo Grande/MS, Sexta-Feira, 23 de Outubro de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Sexta-Feira, 18 de Setembro de 2020, 17h:29
Tamanho do texto A - A+

"Palhaço Sabiá" é condenado a 17 anos em regime fechado

Réu é acusado de matar a ex-namorada em janeiro de 2019

Elaine Silva
Capital News

 

Deurico/Arquivo Capital News

Foto ilustrativa de justiça, dama da justiça, estatua, fórum, TJMS

Julgamento aconteceu nesta quinta

 

Após matar a ex-namorada Silvana Tertuliana Pereira, de 42 anos, Jesus Ajala da Silva, conhecido como ‘Palhaço Sabiá’ foi condenado a 17 anos de prisão, em regime inicial fechado. O julgamento aconteceu na última quinta-feira (17). 

 

Crime acontece no dia 9 de janeiro de 2019, no bairro Portal Caiobá, em Campo Grande.o ‘Palhaço Sabiá’ matou a ex a golpes de faca na região do tórax. Motivo do crime foi por conta do acusado não aceitar o término do relacionamento e o fato de a vítima estar se relacionando com outra pessoa.

 

Segundo o Tribunal de Justiça o réu foi condenado por homicídio qualificado, por motivo torpe e feminicídio em situação de violência doméstica e familiar, cuja pena foi fixada pelo juiz titular da vara, Carlos Alberto Garcete de Almeida, em 16 anos de reclusão. Além disso, o magistrado fixou a pena de 1 de reclusão e pagamento de 10 dias-multa pelo crime de ocultação de cadáver, o que totaliza 17 anos de reclusão e 10 dias multa.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix