Campo Grande/MS, Terça-Feira, 29 de Setembro de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Domingo, 12 de Julho de 2020, 09h:56
Tamanho do texto A - A+

Paulista é multado por exploração de madeira

Autor devera pagar R$ 9,6 mil pelo crime

Elaine Silva
Capital News

Divulgação/PMA

Paulista é multado por exploração de madeira

Atividades foram interditadas na área da infração

 

Um paulista de 32 anos foi multado em R$ 9,6 mil por derrubada ilegal de 32 árvores para exploração de madeira em sua propriedade de Jardim. Na área tinham sido derrubadas pela raiz com uso de máquinas 32 árvores de grande porte das espécies Bocaiúva, Angico, Louro, Mandiocão e Pau Terra, em uma área de 32 hectares de pastagem medidos com GPS, as quais foram amontoadas em vários locais, sendo algumas delas para a exploração ilegal da madeira. As atividades foram interditadas na área da infração.

 

Durante a vistoria foi apresentada aos policiais, uma Autorização Ambiental Eletrônica (AAE) para a limpeza de pastagem e aproveitamento de 20 m³ de madeira seca caída pelo tempo na propriedade e que não permite a derrubada das árvores.

 

A licença de limpeza de pastagem só permite a derrubada de arbustos, com diâmetro abaixo de 32 centímetros na altura do peito (Circunferência a altura do Peito - CAP, que é considerada a 1,30 metros de altura da vegetação), com uso de roçadeiras ou foices. Segundo a PMA, essas licenças são retiradas online no site do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (IMASUL), em razão de serem atividades de baixo impacto, porém, alguns proprietários aproveitam para realizar desmatamentos e exploração de madeira e tentam justificar com essas autorizações.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix