Campo Grande/MS, Sexta-Feira, 18 de Setembro de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Sexta-Feira, 14 de Agosto de 2020, 17h:45
Tamanho do texto A - A+

PRF apreende 1,5 tonelada de maconha

Veículo e a droga foram encaminhados para a Polícia Judiciária local

Flávio Veras
Capital News

Divulgação/PRF

PRF apreende 1,5 tonelada de maconha

Casos aconteceram nesta sexta

Nesta terça-feira (14) a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 1.560 Kg toneladas de maconha e recuperou os veículos que transportavam a droga, em duas abordagens no Mato Grosso do Sul.

 

Segundo a PRF, o primeiro flagrante ocorreu na BR-267, próximo a Guia Lopes da Laguna (MS). Os policiais rodoviários federais deram ordem de parada a uma Fiat/Strada, placas falsas de Campo Grande. O motorista não acatou a ordem e iniciou fuga. Durante o acompanhamento tático, o condutor da picape dirigiu em alta velocidade, colocando em risco os demais usuários da rodovia. Após alguns quilômetros, o motorista e um passageiro abandonaram a Fiat/Strada e empreenderam fuga a pé. Buscas foram realizadas no local, porem eles não foram encontrados.

 

O veículo estava carregado com 828 Kg de maconha. Os policiais também encontraram outras duas placas de identificação e descobriram que a picape possuía registro de roubo/furto em Ponta Porã. A ocorrência foi encaminhada para a Polícia Civil em Jardim .

 

Na segunda apreensão, os policiais rodoviários federais fiscalizavam na BR-060, em Sidrolândia (MS). Ao receber ordem de parada, o motorista de um VW/Jetta, também com placas falsas de Campo Grande, iniciou fuga.

 

Durante o acompanhamento tático, o suspeito abandonou o veículo e empreendeu fuga a pé, não sendo localizado. O carro estava carregado com 732 Kg de maconha e 500 gramas de skunk. Em análise aos sinais de identificação, foi descoberto que o VW/Jetta possuía ocorrência de estelionato. O veículo e a droga foram encaminhados para a Polícia Judiciária local.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix