Campo Grande/MS, Sábado, 04 de Julho de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Segunda-Feira, 13 de Abril de 2020, 18h:14
Tamanho do texto A - A+

Suspeito de assassinato no assentamento Itamaraty é preso

Envolvidos foram até o local para cobrar uma dívida de R$ 20 mil

Elaine Silva
Capital News

 

Divulgação/Polícia Civil

Suspeito de assassinato no assentamento Itamaraty é preso

Caso aconteceu no dia 4 de abril

Um homem de 55 anos foi preso suspeito de envolvimento em um em um homicídio ocorrido no dia 4 de abril, no assentamento Itamaraty. Na ocasião, um dos envolvidos no crime foi até o local para cobrar uma dívida pela venda de um trator de aproximadamente R$20 mil .

 

Conforme a Polícia Civil, os dois se encontraram em uma lavoura a fim de acertar a dívida, mas eles discutiram e o devedor deu 2 tiros no rosto do credor de 50 anos. Depois o devedor, de 31 anos, juntamente com seu pai de 55 anos, levaram o corpo da vítima fatal até uma mata e desovaram, juntamente com a motocicleta da vítima.

 

No dia seguinte,o pai do autor ainda compareceu na Delegacia para registrar o boletim de desaparecimento de seu filho, mas praticou tal ato para tentar enganar a polícia sobre o crime.

 

O Setor de Investigações Gerais realizou diligências durante a semana no Assentamento Itamarati, e no dia 9 de abril, quinta-feira, o corpo foi encontrado no local deixado pelos autores. No dia 10, sexta-feira, o SIG, juntamente com as polícias Civil e Militar de Aral Moreira, prenderam o suspeito de 55 anos, na cidade de Aral Moreira e apreenderam o veículo utilizado no crime para transportar a motocicleta da vítima, conforme determinação judicial. Seu filho se encontra foragido.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix