Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 13 de Agosto de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Quinta-Feira, 11 de Junho de 2020, 11h:49
Tamanho do texto A - A+

Bolsonaro pede troca de informações por banco de dados integrados

Secretário de Segurança do Estado avaliou como positiva a reunião em Brasília

Juliana Brum
Capital News

Agência Brasil

André Luiz de Almeida Mendonça, ministro da Justiça

André Luiz de Almeida Mendonça, ministro da Justiça

O ministro da Justiça, André Luiz de Almeida Mendonça, participou quarta-feira (10), da  reunião do presidente da República, Jair Bolsonaro, com secretários de segurança de todo o país que segundo assessoria foi produtiva e positiva para Mato Grosso do Sul, na avaliação do secretário Antonio Carlos Videira.

 

No encontro, o presidente Bolsonaro manifestou o desejo de promover a integração entre o governo federal e os estados, na facilitação da transferência de recursos para investimentos no setor da segurança pública, além da cooperação para a criação de um sistema de troca de informação por meio de banco de dados e inteligência entre as forças de segurança.

 

Antonio Carlos Videira lembrou que chegou a pedir a nova diretora-geral do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), Tânia Fogaça, presente no evento, que olhasse para Mato Grosso do Sul, considerando que o estado tem o maior percentual de população carcerária do país. Ele ainda destacou ao presidente Bolsonaro, os recordes nas apreensões de drogas, mesmo durante o período da pandemia.

 

Bolsonaro afirmou aos secretários que, em relação ao Fundo Nacional de Segurança Pública, deve liberar nos próximos meses mais R$ 200 milhões a ser divididos entre os estados. O que deve dar folego nas pastas de cada Estado.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix