Campo Grande/MS, Domingo, 22 de Setembro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Quinta-Feira, 09 de Maio de 2019, 16h:32
Tamanho do texto A - A+

Câmara assina termo de cooperação para uso de quatro horas diárias da TV ALMS

Parte do conteúdo criado pela Câmara e PGE será transmitido pela rede da Assembleia

Flavia Andrade
Capital News

Divulgação/CMCG

Câmara assina termo de cooperação para uso de quatro horas diárias da TV ALMS

Parte do conteúdo criado pela Câmara e PGE será transmitido pela rede da Assembleia

 

Nesta quarta-feira (08), a Câmara Municipal de Campo Grande, a Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul e a Procuradoria Geral do Estado assinaram um termo de cooperação para exibição de programas na grade da Tv ALMS. A previsão é de que a transmissão comece a acontecer em 90 dias. 

 

De acordo com o presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, Vereador Professor João Rocha, “A Assembleia já tem uma estrutura de comunicação e está avançando. Dessa forma, a Câmara se une para que possamos cumprir com nossas obrigações, que é informar o que está acontecendo, aproximar o cidadão do Poder Legislativo e, também, por consequência, ser mais transparente com suas ações”, destaca Prof. João Rocha.

 

O termo de cooperação prevê quatro horas diárias para a Câmara de Campo Grande, sendo dividido entre a exibição de programas editados e parte dedicada às sessões ordinárias e audiências públicas.  

 

Já para à Procuradoria Geral do Estado, o termo viabiliza a produção e exibição do Programa PGE em Ação, que vai mostrar o trabalho desenvolvido pelo órgão junto à população de MS.  

 

Para o 1º secretário da Câmara, vereador Carlão, “O Poder legislativo é a caixa de ressonância da população campo-grandense, é o que está mais próximo do cidadão. Temos sempre que prestar contas, sermos transparentes, principalmente às pessoas carentes que não têm condições de ter um canal fechado. O canal aberto chega a todos os cantos da nossa cidade, nas áreas urbana e rural”, afirma.

 

Já segundo o deputado estadual Paulo Corrêa, presidente da Assembleia Legislativa, “Estamos trabalhando com afinco para iniciar na TV aberta, queremos ter uma TV diferenciada. Se Deus quiser em até 90 dias ou menos estaremos iniciando. Temos hoje 26 programas executados pela TV Assembleia. Estamos implementando programas de boa qualidade, valorizando isso para atingir o cidadão sul-mato-grossense para que a população acompanhe o trabalho das Casas Legislativas”, conclui.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix