Campo Grande/MS, Domingo, 08 de Dezembro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Sexta-Feira, 12 de Julho de 2019, 08h:42
Tamanho do texto A - A+

Câmara dos Deputados retoma análise de destaques da reforma da Previdência

Na madrugada desta sexta-feira (12), os deputados analisaram 11 destaques ao texto.

Flavia Andrade
Capital News

Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Câmara dos Deputados retoma análise de destaques da reforma da Previdência

Na madrugada desta sexta-feira (12), os deputados analisaram 11 destaques ao texto. Imagem

 

Após o fim da sessão às 2 horas da madrugada desta sexta-feira (12), os parlamentares voltam a se reunir no Plenário para continuar as análises referentes aos destaques da reforma da Previdência (PEC 6/19). Até o momento já foram aprovadas regras de transição para policiais, cálculo mais benéfico para mulheres e tempo de contribuição menor para homens na aposentadoria por idade. 

 

O presidente da Casa, deputado Rodrigo Maia (DEM/RJ), encerrou a sessão na madrugada, em razão de discordâncias sobre os termos de um acordo de procedimentos para a continuidade da votação, e convocou sessão extraordinária para as 9 horas.

 

Entre os próximos destaques a serem analisados, está a diminuição de 100% para 50% no valor do pedágio de uma das regras de transição, válida para os segurados do Regime Geral de Previdência Social (RGPS) e do regime próprio dos servidores públicos, apresentado pelo PDT ( Partido Democrático Trabalhista).

 

Nesta quinta-feira (11), durante a sessão, os deputados aprovaram duas emendas e um destaque supressivo, envolvendo regras de transição para policiais, regra de cálculo mais benéfica para as mulheres e tempo de contribuição menor para homens na aposentadoria por idade.

 

Ao todo, dos 11 destaques já analisados, cinco não chegaram a ser votados porque foram considerados prejudicados após a aprovação anterior de texto alternativo. Outros três foram rejeitados.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix