Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 13 de Agosto de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Quarta-Feira, 10 de Junho de 2020, 09h:13
Tamanho do texto A - A+

Cinco novas cidades devem ser reconhecidas como em estado de calamidade pública

Dentre os projetos deputado Lucas de Lima propõe a identificação de bacias hidrográficas

Juliana Brum
Capital News

Previsto em pauta desta quarta-feira (10)na Assembleia Legislativa, oito projetos sendo cinco deles pedidos de Calamidade Pública a cidades do Estado que estão sofrendo com a chegada da Pandemia do Coronavírus.

 

Os Projetos de Decreto Legislativo 21/2020, 22/2020, 23/2020, 25/2020 e 26/2020, da Mesa Diretora, reconhecem o estado de calamidade pública, respectivamente, nos municípios de Costa Rica, Chapadão do Sul, Sidrolândia, Douradina e Jardim. Os pedidos dos prefeitos foram motivados por problemas resultantes da pandemia do novo coronavírus. A situação excepcional vigora até o dia 31 de dezembro deste ano, podendo ser prorrogada com nova solicitação do município.

Luciana Nassar/ ALMS

Dezembro Verde:“Não ao Abandono de Animais”

Em pauta para primeira discussão está um projeto do Deputado Lucas de Lima

Além dessas matérias, devem ser votadas outras três propostas. Entre elas, está o Projeto de Lei 159/2019, de autoria do deputado Lucas de Lima (Solidariedade), que dispõe sobre a identificação das bacias hidrográficas nas faturas de água. O projeto tem parecer favorável por unanimidade da Comissão de Serviço Público, Obras, Transporte, Infraestrutura e Administração.

 

Em primeira discussão, estão pautados os Projetos de Lei 01/2020, do deputado Evander Vendramini (PP), e 107/2020, do Poder Executivo. A primeira matéria estabelece que veículos automotores apreendidos em razão da prática de ilícitos administrativos ou penais poderão ser utilizados pelo governo. O outro projeto prorroga até 15 de julho de 2020 prazos para liquidação dos créditos tributários relativos ao ICMS, em decorrência da crise provocada pela Covid-19.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix