Campo Grande/MS, Terça-Feira, 20 de Abril de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Quarta-Feira, 07 de Abril de 2021, 17h:36
Tamanho do texto A - A+

Deputado defende a abertura de igreja durante a pandemia

Herculano Borges falou sobre a discussão no STF a respeito da restrição ou não da abertura das igrejas

Laryssa Maier
Capital News

Divulgação/ Assessoria

Deputado Estadual Herculano Borges

Deputado Estadual Herculano Borges

O deputado Herculano Borges (Solidariedade) falou sobre a discussão no Supremo Tribunal Federal (STF) a respeito da restrição ou não da abertura das igrejas e templos durante a pandemia do Covid-19 no Brasil. A polêmica gira em torno do conflito entre direitos fundamentais garantidos pela Constituição Federal: a liberdade religiosa, além da vida e da saúde. Herculano se posiciona contra o fechamento das igrejas e templos.

 

“Hoje no STF será votada a decisão sobre a liminar do ministro Cássio Nunes que retira poderes dos governadores de fechar a igreja. Este impedimento é uma afronta à Constituição. Nós em Mato Grosso do Sul temos a Lei Estadual 5.502, que inclui igrejas entre as atividades essenciais. A igreja é parceira da sociedade, e trabalha pelo consolo das pessoas”, afirmou o parlamentar, ressaltando a necessidade do respeito a normas de segurança contra o vírus.

 

De acordo com a assessoria, em aparte, Cabo Almi (PT) fez uma ponderação sobre o assunto. “A matéria é bastante polêmica. Pois, por outro lado, temos um grande número de pastores e fieis perdendo a vida pela Covid-19. As medidas de segurança não são suficientes para evitar a contaminação”, afirmou.

 

O deputado Coronel Davi (Sem Partido) se posicionou, assim como Herculano, a favor da abertura das igrejas. “A nossa Constituição Federal, no artigo 5º, inciso VI, permite a liberdade religiosa. Mas num momento de pandemia, em que as pessoas precisam acreditar em Deus, quando tudo falha, e os remédios não atingem os objetivos, eu vejo que muitas pessoas oram pedindo a Deus que isso se afaste de nós. Me espanto que as igrejas e templos estão seguindo as regras e estão enfrentando essa situação, enquanto os ônibus estão lotados”, afirmou.

 

Na sessão de hoje, no início de sua fala, Herculano lamentou a morte de cinco pessoas por Covid-19, entre elas, três líderes religiosos, um apóstolo, um pastor e uma pastora. “Tenho pedido a Deus que encerre essa pandemia, que os leitos possam esvaziar. Estamos em guerra, infelizmente estamos perdendo alguns soldados. Que Deus dê sabedoria aos governantes”.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix