Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 20 de Novembro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Terça-Feira, 20 de Dezembro de 2016, 12h:32
Tamanho do texto A - A+

Orçamento de Campo Grande é aprovado com 25 emendas parlamentares

Vereadores apresentaram emenda para construir UPA Infantil

Wendell Reis
Capital News

 

Assessoria/Câmara Municipal Campo Grande

Os parlamentares aprovaram 11 projetos e mantiveram um veto

Vereadores apresentaram emenda para construir UPA Infantil

Os vereadores de Campo Grande aprovaram em duas sessões nesta terça-feira (20) o Projeto de Lei 8.373, que define o orçamento da Capital para o ano de 2017. O projeto foi aprovado com 25 emendas.


A previsão é de que Campo Grande arrecade R$ 3,5 bilhões em 2017. Os vereadores fizeram 673 emendas, mas após um pente fino do relator, Eduardo Romero (Rede), só 25 emendas foram incorporadas.


O projeto foi aprovado por unanimidade. Ele tem como destaque a redução de R$ 70 milhões no valor a ser investido em transporte. O setor com aumento maior em investimento é o de Previdência Social, com R$ 73,9 milhões a mais.


Os vereadores rejeitaram o pedido de Alcides Bernal (PP) para que Marquinhos Trad (PSD) tenha direito a suplementar 30% do orçamento sem autorização da Câmara. Eles mantiveram os 5% que Bernal já recebia.


A Câmara também garantiu aos vereadores o montante de R$ 4,6 milhões em emendas para saúde e assistência social; R$ 300 mil para implantar o programa e execução de castração canina e felina e R$ 500 mil para acessibilidade em todas as escolas públicas, praças e locais de votação e R$ 500 mil para construção da UPA infantil em Campo Grande. As emendas são de metas e o prefeito não é obrigado  a atender.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Trinix