Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 22 de Agosto de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Segunda-Feira, 15 de Julho de 2019, 15h:56
Tamanho do texto A - A+

Parlamentares debatem sobre o transporte coletivo em Audiência Pública

Vereadores listaram os principais pontos para fiscalização e solução das questões debatidas durante a manhã.

Flavia Andrade
Capital News

Flavia Andrade/Capital News

Parlamentares debatem sobre o transporte coletivo em Audiência Pública

Vereadores listaram os principais pontos para fiscalização e solução das questões debatidas durante a manhã.

 

Após diversos debates durante as sessões ordinárias na Casa de Leis, a Comissão Permanente de Transporte e Trânsito convocou mais uma audiência pública, buscando solucionar as necessidades de mais linhas de ônibus, reforma nos terminais de transporte, mais conforto, melhores condições dos veículos, corredores de transporte, queda no número de passageiros em razão da tarifa alta e não correspondente à qualidade esperada. Entre outros pontos debatidos durante o debate na manhã desta segunda-feira (15).

 

A reunião foi convocada pelo vereador Junior Longo, presidente da Comissão Permanente de Transporte e Trânsito da Casa de Leis. A discussão contou com a presença de vários vereadores, moradores e representantes de entidades ou associações de moradores, Defensoria Pública, Procon, diretores da Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran), Agência Municipal de Regulação dos Serviços Públicos (Agereg), Consórcio Guaicurus, Conselho de Usuários do Transporte Coletivo, Associação dos Usuários do Sistema Integrado de Transporte Urbano e Estadual Rodoviário (Ussiter). 

 

De acordo com o diretor-presidente da Agetran, Janine de Lima Bruno, “Algumas providências já estão sendo tomadas, a exemplo das obras dos corredores de transporte coletivo, abrigos de ônibus cobertos, revisão de leis e reformas dos terminais de ônibus”, destaca.

 

Para o vereador Junior Longo, “Queremos entregar para população transporte de melhor qualidade, apresentando os problemas e as sugestões de melhorias”, afirmou. Ele pretende ampliar a agenda dos vereadores com o Consórcio Guaicurus e prefeitura para cobrar respostas. “É importante atrairmos novamente o usuário do transporte público, que só usa quando não tem alternativa. Se não debatermos como um todo, com modernidade, não vamos conseguir atrair usuário”, declara. 

 

Segundo o vereador Carlão. “Nós vereadores, temos que deixar a Câmara aberta para atender a população. Vejo nas audiências o início de resolver problemas. A CPI é uma cirurgia de amputação, só se for necessária, se isso não valer nada, quando esgotarem as chances. Porque vai chegar fim do ano e vão concluir que tem de aumentar ônibus e para isso não precisamos de CPI”, disse.  

 

Já o vereador André Salineiro, “O transporte coletivo está perdendo clientes porque falta qualidade. A isenção do ISSQN (Imposto sobre Serviço de Qualquer Natureza) não vai passar sem melhorias. Corredor de ônibus é importante, mas não é a única solução. Esperamos que a empresa cumpra as obrigações que acertou quando houve processo licitatório”, afirmou. Ele acrescentou que exerce seu papel de fiscalização, criou o “Fala comigo no Busão”, disponibilizado em suas redes sociais. Assim, salientou como principais queixas “falta de qualidade dos terminais, o que é responsabilidade da prefeitura, frota velha, mais ônibus nos horários de pico. A população pede apenas condições dignas”.

 

E por fim, o vereador Valdir Gomes, “O que precisa é a Promotoria nos ajudar, termos a reforma nos terminais, bebedouros funcionando, segurança, banheiros limpos. Precisamos também melhorar pontos de ônibus”, afirmou.

 

Também participaram da Audiência as vereadores Dharleng Campos, Enfermeira Cida Amaral, vereador Otávio Trad, vereadores Papy, Eduardo Romero, Dr. Cury e Dr. Wilsom Sami.

 

(Matéria editada 16-07-2019 às 13h54 para inclusão de informações)

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix