Campo Grande/MS, Sábado, 24 de Agosto de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Quinta-Feira, 11 de Julho de 2019, 17h:42
Tamanho do texto A - A+

Prevenção à violência contra as mulheres é apresentado em audiência no Senado

Secretária Especial de Cidadania Luciana Azambuja representou o governador durante Audiência.

Flavia Andrade
Capital News

Divulgação

Prevenção à violência contra as mulheres é apresentado em audiência no Senado

Secretária Especial de Cidadania Luciana Azambuja representou o governador durante Audiência.

Nesta quinta-feira (11), a secretaria Especial de Cidadania, Luciana Azambuja, representou o governador Reinaldo Azambuja e a Comissão Permanente de Políticas para Mulheres do Codesul, em audiência pública na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado Federal (CRE), o projeto “Codesul Fronteiras”.

 

Levantando a bandeira do enfrentamento à violência contra mulheres, que envolve 77 municípios nos 4 Estados-membros do Codesul, numa extensão de aproximados 4.000 km de fronteiras com Bolívia, Paraguai, Argentina e Uruguai. O Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (Codesul) é formado pelos estados de Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

 

Com relação ao projeto “MS Fronteiras”, Luciana Azambuja destacou algumas especificidades das fronteiras, principalmente com relação aos municípios de fronteira seca, pontuando a necessidade da integração dos serviços e compartilhamento de informações entre os municípios vizinhos, na prevenção às violências que acometem as mulheres e meninas e na punição de agressores.

 

No Estado, participando do projeto “MS Fronteiras”, 18 municípios já foram escolhidos, com os quais a articulação é feita através do organismo municipal de políticas para mulheres.

 

Entre as propostas apresentadas para a CRE, um protocolo de intenções para pactuação binacional (ou plurinacional) entre Brasil e os países vizinhos, o que será pauta da próxima reunião da Comissão de Mulheres do Codesul, já agendada para setembro, em Florianópolis.

 

Estiveram presentes participando também da audiência pública no Senado a vice-governadora de Santa Catarina, Daniela Rheiner, a delegada de Santa Catarina, Patrícia Zimermmann, a secretária adjunta de Cidadania de Mato Grosso o Sul, Maria Theresa Trad, a vereadora de Ponta Pora Anny Espínola e representantes das embaixadas dos países convidados.

 

A Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional é presidida pelo senador de Mato Grosso do Sul, Nelsinho Trad.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix