Campo Grande/MS, Sexta-Feira, 10 de Julho de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Quinta-Feira, 13 de Fevereiro de 2020, 15h:47
Tamanho do texto A - A+

Projeto do Disque-Dengue é vetado na Capital

Câmara mantém três vetos e aprovados quatro Projetos de Lei

Norton Soares
Capital News

Izaías Medeiros/ Câmara CG/MS

Projeto do Disque-Dengue é vetado na Capital

Votações foram feitas na última sessão desta semana, nesta quinta

Foram mantidos três vetos e aprovados quatro Projetos de Lei (PL) pelos vereadores de Campo Grande, na Sessão Ordinária desta quinta-feira (13).

O PL 9.572/19, foi aprovado em regime de urgência, criando o Selo Municipal de Inclusão das Pessoas Com Deficiência e dá outras providências. Os autores do vereador Otávio Trad, Joao Cesar Matogrosso, Wilson Sami, Gilmar da Cruz e Odilon de Oliveira.

Também foi aprovado o PL 9.573/19, que dispõe sobre a valorização e o empoderamento das pessoas com deficiência nas peças publicitárias de Órgãos da Administração Pública Direta e Indireta do Município de Campo Grande-MS e dá outras providências. Os autores da proposta são os vereadores Otávio Trad, William Maksoud, João César Mattogrosso, Wilson Sami, Gilmar da Cruz e Odilon de Oliveira.

Foi mantido o veto parcial do PL 8.970/19, que autoriza o Poder Executivo a implantar o Programa Bairros Limpos Campo Grande Saudável, de autoria dos vereadores Ademir Santana (PDT) e William Maksoud (PMN).

Também em veto parcial, o PL 9.389/19, que altera e acrescenta dispositivos à lei n. 5.194, de 25 de junho de 2013, que dispõe sobre a criação do serviço denominado Disque-Dengue. Criado pelo vereador Prof. João Rocha (PSDB).

Já em veto total, o PL 9.448/19, que altera a denominação da Escola Municipal de Educação Infantil localizada na Rua Camilo Neres s/n, no Bairro Lar do Trabalhador. Proposta foi feita em conjunto pelos vereadores Dharleng Campos (PP), Delegado Wellington (PSDB) e João César Mattogrosso (PSDB).

Em segunda discussão e votação, foi aprovado o PL 9.397/19, dispondo sobre a autorização para implantação de sistema de fornecimento de energia elétrica gerada a partir dos raios solares na rede de iluminação pública e semafórica de Campo Grande. Autores da proposta são os vereadores Prof. João Rocha (PSDB), Ayrton Araújo (PT) e Odilon de Oliveira (PDT).

A última votação foi o Projeto de Lei 8.868/18, que aprovado, sendo feito o hasteamento da Bandeira de Campo Grande, Bandeira do Brasil e entoação do Hino Nacional Brasileiro e do Hino à Campo Grande nas escolas de ensino de 1º grau da Reme, Rede Municipal de Ensino e escolas privadas. A criação da proposta é do vereador William Maksoud (PMN), João Cesar Mattogrosso, Andre Salineiro, Betinho, Junior Longo, Pr. Jeremias Flores e Odilon de Oliveira.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix