Campo Grande/MS, Terça-Feira, 20 de Abril de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Terça-Feira, 02 de Março de 2021, 13h:44
Tamanho do texto A - A+

Projeto penaliza quem furar fila de vacinação contra Covid-19

Deputado Barbosinha é autor do projeto de lei aprovado

Laryssa Maier
Capital News

Luciana Nassar

Ordem do dia

Sessão online

Os parlamentares aprovaram, na Ordem Dia desta terça-feira (2), em segunda discussão, o Projeto de Lei 14/2021, de autoria do deputado Barbosinha (DEM), que dispõe sobre penalidades a serem aplicadas pelo não cumprimento da ordem de vacinação dos grupos prioritários, de acordo com a fase cronológica definida no plano nacional e/ou estadual de imunização contra a Covid-19. 

 

São passíveis de penalização: o agente público, responsável pela aplicação da vacina, bem como seus superiores hierárquicos, caso comprovada a ordem ou consentimento, e a pessoa imunizada ou seu representante legal.

 

Comprovada a infração por meio de processo administrativo, ao agente público será adotada a penalidade prevista na legislação específica do servidor público. Com relação à pessoa imunizada, será aplicada multa de 1.200 Uferms, equivalente a R$ 45.336.   

 

Caso o imunizado seja agente público o valor dobra para 2.400 Uferms, mais de R$ 90 mil. A quantia recolhida com a multa irá para o Fundo Estadual de Saúde. Saiba mais sobre o projeto aqui.

 

De acordo com a assessoria, outros três Projetos de Resolução foram aprovados em discussão única, todos de autoria do presidente da Casa de Leis, deputado Paulo Corrêa (PSDB). As propostas concedem Título de Cidadão Sul-Mato-Grossense.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix