Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 10 de Maio de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Quinta-Feira, 15 de Abril de 2021, 18h:41
Tamanho do texto A - A+

Reunião em Brasília debate segurança pública nas fronteiras

Mato Grosso do Sul foi representado pelo titular da Sejusp

Lethycia Anjos
Capital News

Divulgação/Sejusp

Titular da Sejusp discute segurança nas fronteiras durante reunião em Brasília

Reunião ocorreu no o Palácio da Justiça, na Esplanada dos Ministérios

Secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul, Antônio Carlos Videira, participou na última quarta-feira (14), em Brasília, da reunião do Colégio Nacional de Secretários de Segurança Pública (Consesp). Na ocasião, o titular da Sejusp debateu junto ao presidente da República, Jair Bolsonaro (Sem partido) e o ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, a importância das medidas de segurança nas fronteiras.

 

Representante do Centro-Oeste no Consesp, Videira destacou que o repasse  do Ministério da Justiça aos estados é fundamental nos procedimentos criminais decorrentes do tráfico de drogas. “Tratamos ainda da importância da padronização pela Senasp dos projetos apresentados pelos estados para a utilização dos recursos do Sistema Único de Segurança Pública, bem como da necessidade urgente da aprovação das alterações apresentadas pelos estados, dos ajustes de valores para aproveitamento do maior volume possível das atas de registros de preços, para aquisições de viaturas, armas e equipamentos de proteção individual, que estão sendo adquiridos com recursos do SUSP”, enfatizou o secretário via assessoria.

 

Durante a reunião, Jair Bolsonaro reforçou que o governo federal se empenha na valorização da segurança pública. “O Anderson [ministro da Justiça e Segurança Pública], com toda certeza, proporcionará um ambiente bastante salutar, de modo que nessa interação, os senhores possam melhor exercer esse difícil trabalho da segurança pública”, afirmou o presidente via assessoria.

 

Ministro da Justiça, Anderson Torres enfatizou que os principais eixos de sua gestão em relação à segurança pública são a coordenação de ações, a integração das forças e a valorização do policial. “Trabalharemos em prol do nosso profissional de segurança pública, resgatando seu amor próprio e seu orgulho, provendo meios materiais, psicológicos e financeiros, dentro de todas as capacidades possíveis, para que possam desempenhar com tranquilidade e eficiência suas duras rotinas diárias”, explicou Torres.

 

Divulgação/Sejusp

Titular da Sejusp discute segurança nas fronteiras durante reunião em Brasília

Antônio Carlos Videira, Secretário da Sejusp

Entre os assuntos debatidos na reunião estava o combate ao crime nas fronteiras do Brasil, em especial na fronteira de Mato Grosso do Sul com o Paraguai. Na oportunidade, Carlos Videira destacou a importância da promoção de ações de combate ao crime organizado, 

principalmente em relação ao tráfico de drogas, tendo em vista o alto índice de casos na fronteira de MS .

 

“O grande volume de drogas apreendidas no estado, mais de 140 toneladas somente este ano, produz reflexos diretos nas delegacias de polícia, sistema prisional e nas unidades educacionais de internação, mas isso não pode prejudicar as atividades ordinárias no que diz respeito à prevenção e repressão dos crimes de competência estadual, principalmente aqueles contra a vida e o patrimônio”, salientou Videira via assessoria.

 

Na reunião estiveram presentes o secretário Nacional de Segurança Pública (Senasp), Carlos Renato Machado Paim; do secretário de Operações Integradas (Seopi), Jeferson Lisboa Gimenes, do secretário de Gestão e Ensino em Segurança Pública (Segen), Josélio Azevedo de Sousa e da diretora-geral do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), Tânia Fogaça.

 

 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix