Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 21 de Agosto de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Sexta-Feira, 24 de Maio de 2019, 16h:51
Tamanho do texto A - A+

Senador Nelsinho Trad se reúne com ministro Moro para tratar sobre a COAF

A Casa de Leis irá discutir em plenário as questões relacionadas a manter o Coaf na justiça.

Flavia Andrade
Capital News

Divulgação/Assessoria

Senador Nelsinho Trad se reúne com ministro Moro para tratar sobre a COAF

A Casa de Leis irá discutir em plenário as questões relacionadas a manter o Coaf na justiça.

 

O senador Nelsinho Trad (PSD/MS) reuniu-se com o ministro da Justiça Sérgio Moro, para apresentar os relatórios com informações sobre o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), o qual, o fez votar pela recondução do Coaf ao Ministério da Economia. 

 

De acordo com o senador Nelsinho Trad, “Moro me disse que houve aumento de 20% das atividades do Coaf na Justiça, estou aguardando os números que ele ficou de me apresentar na segunda-feira”, aponta.

 

O Senado Federal irá discutir a questão em plenário, na próxima terça-feira (28). O senador Nelsinho Trad, declara ainda que, vem votando com base em estudos e, caso o relatório o convença de que o melhor é o Coaf na Justiça, ele vai alterar o seu voto. 

 

Ainda conforme o parlamentar, “Estudei o projeto e vi que existe comunicação entre os ministérios e então pensei em não mexer em algo que está dando certo. Mas, se for melhor para o País, eu não tenho problema em voltar atrás”. 

 

Para ele, durante reunião, o ministro Moro esclarece que o ministro Paulo Guedes é totalmente voltado à economia e à Reforma da Previdência e ele ao combate à corrupção. "Ministro Moro me disse: -Você não vai errar, retificando o seu voto."

 

Ainda que os senadores decidam pelo Coaf no Ministério da Justiça, a proposta voltará à Câmara dos Deputados. Em seguida, haverá votação em plenário. Se não houver definição, a matéria seguirá para decisão do presidente da República Jair Bolsonaro.​

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix