Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 02 de Abril de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Quinta-Feira, 26 de Março de 2020, 07h:22
Tamanho do texto A - A+

"Temos que melhorar esse negócio de quarentena, foi precipitado", diz Mandetta

Ministro da Saúde criticou medida tomada por governadores para combater pandemia

Hélder Rafael
Capital News

Agência Brasil

"Temos que melhorar esse negócio de quarentena, foi precipitado", diz Mandetta

Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse que a atitude dos governadores em adotar medidas de quarentena foi realizada cedo. A crítica foi realizada durante uma coletiva sobre a situação da saúde nacional diante do Covid-19, o novo coronavírus, em Brasília.

 

"A gente tem que melhorar esse negócio de quarentena. Foi preciptado, foi cedo". Na visão de Mandetta, o que o Brasil precisa é estudar alternativas que não desacelerem a economia e a logística. A quarentena  sem prazo final se torna "uma parede na vida das pessoas", segundo o ministro. O ministro se mostrou ao lado do presidente Jair Bolsonaro em relação aos impactos que o isolamento social podem trazer ao país.

 

"Nós vamos atravessar [a crise do coronavírus] com ciência em uma mão, informação sobre a epidemia e capacidade de fazer operações logísticas em outra. Vamos atravessar isso sim, todos juntos", reforçou Mandetta.

 

O ministro da Saúde também não descartou soluções caseiras como ações preventivas contra o covid-19. A utilização de orações, chás e receitas como canja foram citadas por ele entre os elementos que podem ser utilizados para reforçar os cuidados com a saúde e evitar uma baixa imunidade. 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix