Campo Grande/MS, Sábado, 24 de Agosto de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Quarta-Feira, 10 de Abril de 2019, 15h:13
Tamanho do texto A - A+

Vereadores recebem nota de repudio contra ameaça a servidores do UPA

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipal de Três Lagoas (SSPM) emitiu nota de repúdio a respeito do ocorrido em uma Rede Social

Juliana Brum
De Três Lagoas para o Capital News

Juliana Brum/Capital News

Vereadores recebem nota de repudio contra ameaça a servidores do UPA

Vereadores receberam nota e discursaram sobre o problema

Durante a sessão da Casa de leis da ultima terça feira (9), uma pauta muito discutida dentre vários vereadores foi sobre o caso que repercutiu no facebook, aonde uma usuária do UPA falava que deveria ocorrer uma “chacina” La dentro contra servidores.

No UPA os servidores assustados pediram auxilio. Presente na Câmara estava alguns representantes do Sindicato dos Servidores Públicos Municipal de Três Lagoas (SSPM),  que apresentaram um pedido de repudio sobre o caso.

Os servidores amedrontados  estão pedindo mais segurança, pois muitos já ate foram agredidos fisicamente. A vereadora Isabel Cristina Ferreira falou sobre a dificuldade em trabalha com medo. “ Os servidores precisam de segurança. Nos servidores precisamos de respeito e segurança pois fazemos parte da porta de entrada. Sabias palavras Sargento Rodrigues sobre mais policiamento. Muitas vezes vimos pessoas entrarem armadas e ameaçando agente” relatou a vereadora do Solidariedade.

Durante o uso do grande expediente o vereador Sargento Rodrigues falou duramente sobre este tema do UPA que foi uma ação lamentável. “E inadmissível querer resolver este assunto da Saúde com violência. A população deve cobrar este problema  da Saúde que e crônico da cidade do prefeito, solicitando mais segurança. Eu não aceito e acho repudiante esta situação de agressão contra os servidores. A população deve cobrar usando a Câmara, indo com cartazes na prefeitura mas nunca com ameaças contra aqueles que estão trabalhando independente da situação que já e conhecida que o UPA não suporta a quantidade de pacientes que hoje vão la” destacou o Sargento.

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipal de Três Lagoas (SSPM) emitiu nota de repúdio a respeito do ocorrido, mencionando que o episódio extrapolou o limite do razoável e da racionalidade. A nota foi encaminhada à Prefeitura de Três Lagoas, à Câmara municipal de Vereadores e ao comando da Polícia Militar solicitando que uma viatura fique disponível na unidade de saúde, para garantir a segurança dos trabalhadores e pacientes.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix