Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 16 de Setembro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Rural
Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019, 16h:02
Tamanho do texto A - A+

Em um ano, a valorização no preço médio do frango abatido no mercado atacadista foi de 31%

Mesmo com a redução no número de aves abatidas, MS apresentou alta no atacado e no varejo

Paula Navarro
Especial para o Capital News

Divulgação

frango

Além do quilo do frango abatido, a capital se registou alta na coxinha da asa, peito e coração de frango congelado.

O preço médio do quilo do frango abatido no mercado atacadista de Mato Grosso do Sul registrou crescimento de 31% em relação ao ano passado. Conforme os dados divulgados pela Casa Rural da Famasul, em abril do ano passado, o quilo era cotado em R$ 4,19; e neste ano, o balanço feito no mesmo período registrou o valor de R$ 5,49/kg no mercado interno. Em relação a março deste ano, em que o quilo do frango custava R$ 5,43, a alta foi de 1,1%.

 

No varejo

 

A capital campo-grandense apresentou valorização na maioria dos cortes, frente ao varejo do Estado. Apesar da retração no quilo da coxa e sobrecoxa (11,12%) e da moela (4,55%), o quilo do frango/galinha abatido teve incremento de 13,30%; a coxinha da asa, de 11,05%; o peito, 8,86%, e o coração de frango congelado, 0,85%.

 

Queda no abate

 

Entre janeiro e abril de 2018, os abates de frango no MS totalizaram 57 milhões de animais. No mesmo período deste ano, foram 51,6 milhões de abates, representando uma baixa de 9,4% em relação ao ano passado. A produção de carne totalizou 127,4 mil toneladas, queda de 8,1% em relação às 138,7 mil toneladas de janeiro a abril de 2018.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix