Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Rural
Quinta-Feira, 13 de Fevereiro de 2020, 10h:56
Tamanho do texto A - A+

Mato Grosso do Sul é destaque na produção de mandioca

Foi publicado zoneamento agrícola da mandioca

Norton Soares
Capital News

Albino Oliveira/MDA

Mandioca

Produção de mandioca também tem importância de subsistência

Mato Grosso do Sul está entre os ŕincipais estados produtores de mandioca do país. Conforme dados do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola do IBGE, o país deve produzir 1,28 milhão de hectares do produto.

Os Estados que também receberam destaque são: Pará, Paraná, São Paulo, Amazonas, Acre, Bahia e Rio Grande do Sul. As portarias com o Zoneamento Agrícola de Risco Climático (Zarc) para a cultura da mandioca foram publicadas nesta quarta-feira (12), no Diário Oficial da União.

Conforme os estudos da Zarc, são considerados riscos de produção, problemas com condições térmicas e hídricas, enraizamento e ganho inicial de matéria seca nas raízes. Segundo o diretor o Departamento de Gestão de Riscos, Pedro Loyola, além de comercial, o produto também é importante na cultura de subsistência, sendo fonte alimentar principalmente nas regiões Norte e Nordeste.

Conforme o calendário de plantio do Zarc, o produtor deve utilizar materiais propagativos indicados para cada região, realizar o manejo adequado do solo e aplicar práticas culturais mais sustentáveis.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix