Campo Grande/MS, Domingo, 13 de Junho de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Rural
Quinta-Feira, 10 de Junho de 2021, 17h:39
Tamanho do texto A - A+

Mato Grosso do Sul se destaca no manejo biológico de soja

Região Sul-Fronteira apresentou o melhor desempenho no estado

Lethycia Anjos
Capital News

Saul Schramm/Portal do MS

Mato Grosso do Sul bate recorde de R$ 70,9 bilhões na produção agropecuária

Estado é o 7º no ranking brasileiro nas riquezas produzidas pelo agronegócio

Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul (Aprosoja/MS), divulgou nesta quinta-feira (10), um levantamento biológico da safra de soja 2020/2021, que identificou um avanço no uso de produtos biológicos na região Sul-Fronteira de Mato Grosso do Sul. Conforme a Aprosoja, as equipes realizaram a coleta das informações com produtores e gerentes das propriedades rurais do estado. 

 

A região Central do de MS, também se destacou no uso de biológicos. Conforme o levantamento, as demais regiões do estado apresentaram uso inferior ou igual a 35%. Ao todo, 1202 propriedades foram analisadas e 831 produtores foram entrevistados sobre as etapas de plantio e desenvolvimento da soja. 

 

Conforme os dados, 68% dos produtores não adotaram o uso de produtos biológicos, desse total, 52% não souberam informar o motivo da não utilização. 54% dos produtores entrevistados afirmaram que utilizam técnicas de controle à base de fixadores de nitrogênio, 18% com nematicida biológico e 14% com fungicida microbiológico, outros 7% responderam que utilizam promovedores de ação microbiológico, 3% inseticida microbiológico, 2% bactericidas microbiológicos e 1% adubo microbiológico.

 

A pesquisa foi realizada em parceria com a Secretaria de Estado e Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), por meio de recursos do Fundo Para o Desenvolvimento das Culturas de Milho e Soja (Fundems) e o apoio do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix