Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 21 de Outubro de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Rural
Terça-Feira, 22 de Setembro de 2020, 14h:02
Tamanho do texto A - A+

MS está em 14º no ranking mundial de produção de milho

Produzindo a quantidade de um país

Laryssa Maier
Capital News

Deurico/Capital News

Colheita de milho

Colheita

A colheita do milho segunda safra em Mato Grosso do Sul já está na etapa final. De acordo com o Siga/MS (Sistema de Informações Geográficas do Agronegócio) a previsão é que sejam colhidas 8,65 milhões de toneladas do grão. Para se ter uma ideia deste resultado se o Estado fosse um país estaria entre os 14 maiores produtores do Mundo.

 

Segundo o relatório atualizado do USDA (sigla em inglês para Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) os onze maiores produtores do mundo são: Estados Unidos, China, Brasil, União Europeia, Argentina, Ucrânia, Índia, México, Rússia, Canadá, África do Sul, Indonésia e Nigéria (conforme tabela ao lado).  Tomando como base essas informações, Mato Grosso do Sul, caso fosse um país, estaria em destaque no ranking mundial.

 

Produção de milho deve somar 8,65 milhões de toneladas, em parceria com entidades de produtores rurais (Famasul e Aprosoja), revelam ainda que a área destinada ao plantio do milho está prevista em 1,895 milhão de hectares e produtividade média de 76 sacas por hectare.

 

Para o secretário de Gestão Estratégica, Eduardo Côrrea Riedel, este indicador revela a importância do setor produtivo para a economia do Estado. “A expectativa de uma colheita positiva mostra a superação do agronegócio mesmo diante da pandemia. O agro não para e isso se deve tanto ao perfil da atividade, de baixa densidade demográfica, como devido ao empreendedorismo do produtor rural sul-mato-grossense”.

 

“A previsão é chegar a 9 milhões de toneladas colhidas”, considerou, ressaltando que a estimativa era de colher 8,650 milhões de toneladas de milho”, ressalta o presidente da Aprosoja/MS, André Dobaschi

 

As informações do Projeto SIGA-MS, o Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio implantado pela Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix